Agora faixa-preta, policial do Geração UPP vibra com 2019 vitorioso e volta atenção para o Europeu da IBJJF, em janeiro

Publicado em 14/12/2019 por: Yago Redua
Agora faixa-preta, policial do Geração UPP vibra com 2019 vitorioso e volta atenção para o Europeu da IBJJF, em janeiro Francisco Toledo deve estrear na faixa-preta no Europeu da IBJJF, em Portugal (Foto reprodução)

publicidade

Policial militar do Rio de Janeiro, instrutor do projeto Geração UPP e agora faixa-preta de Jiu-Jitsu, Francisco Toledo, teve um ano de 2019 bastante vitorioso. Foram 25 títulos, entre medalhas e cinturões. No total, entre ouro, prata e bronze, nada menos que 36 medalhas.

“Foram muitos títulos, mas os mais especiais foram os vice-campeonatos no Pan-Americano da IBJJF, na Califórnia, e do Sul-Americano, também da IBJJF, em São Paulo. Claro que poderia ser melhor, mas como foi o meu primeiro ano de faixa-marrom, achei que foi acima do esperado. Posso dizer que superei as expectativas. Agora o desafio é outro. Devo estrear na faixa-preta dia 21 de janeiro, no Europeu, em Lisboa, Portugal. Continuo em busca do meu sonho, que é ser campeão mundial”, destacou.

Apesar de muitos, os títulos materiais conquistados não são os únicos objetivos do policial faixa-peta. Um dos instrutores do Geração UPP – projeto fundado pela parceria da Legião da Boa Vontade (LBV), Super Rádio Brasil, Prime Esportes, Boomboxe, e PMERJ -, Toledo passa toda sua experiência de campeão para crianças e jovens carentes da comunidade da Rocinha, no Rio de Janeiro.

“O projeto está a todo vapor. Com a união dos professores e o apoio da nossa querida LBV, cada dia mais crianças se interessam pelo Jiu-Jitsu. Assim, a cada dia que passa a equipe se torna mais forte. É muito bom ver aquela molecada feliz por estar todos os dias no tatame e vamos seguir trabalhando”, concluiu Toledo.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade