Amanda Nunes reforça que luta contra multicampeã de Boxe aconteceria apenas no MMA e provoca: ‘Venha ao meu mundo’

Publicado em 16/12/2019 por: Mateus Machado
Amanda Nunes reforça que luta contra multicampeã de Boxe aconteceria apenas no MMA e provoca: ‘Venha ao meu mundo’ Amanda Nunes teve grandes performances e conquistou dois cinturões neste período (Foto: Reprodução/ Instagram)

publicidade

Vitoriosa diante de Germaine de Randamie por decisão unânime no card do UFC 245, realizado no último sábado (14), Amanda Nunes chegou ao seu décimo triunfo consecutivo na organização e, com triunfos recentes sobre Holly Holm, Cris Cyborg, Raquel Pennington e Valentina Shevchenko, as opções para uma próxima defesa de título ficam cada vez mais escassas.

Também por conta da falta de desafios, a campeã peso-galo e pena do Ultimate parece disposta a busca novos desafios. Em entrevista coletiva após o evento, a baiana “abriu portas” para enfrentar a multicampeã de Boxe Claressa Shields em um futuro próximo, todavia, impôs a condição de que o duelo seja no MMA, afirmando ainda que daria uma “aula” de Wrestling para a americana.

“Ela assistiu minha luta hoje (sábado) à noite, acho que ela não tem nada a ver com isso. Se ela quiser me enfrentar, venha para o meu mundo. Eu sou uma lutadora de MMA. Se ela quiser me enfrentar, darei uma aula de Wrestling para ela e vou finalizá-la com meu Jiu-Jitsu. Quero ver como ela vai se sentir com isso”.

Com 31 anos e agora 19 vitórias em seu cartel no MMA, somando triunfos sobre nomes importantes, Amanda Nunes também aproveitou para ironizar a declaração de Shields, que anteriormente, afirmou que precisaria de menos de um ano para se preparar visando uma luta de MMA contra a campeã dupla do UFC.

“Sou uma artista marcial, por que ela quer me tirar do meu esporte? Se ela quer lutar comigo, venha para o meu mundo. Não faz sentido algum (uma luta de Boxe). Respeito ela como boxeadora, mas sou lutadora de MMA, não gosto de lutar Boxe, gosto de MMA. Se ela conseguir aguentar isso por cinco rounds, venha me ver. Seis meses para aprender a defender uma queda? A Germaine não conseguiu nem em seis anos, vocês viram o que aconteceu, pessoal. Nem deem ouvidos para essa garota (Claressa)”, encerrou a brasileira.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade