Anthony Joshua supera Andy Ruiz, recupera quatro títulos mundiais de Boxe e projeta trilogia; veja como foi

Publicado em 08/12/2019 por: Mateus Machado
Anthony Joshua supera Andy Ruiz, recupera quatro títulos mundiais de Boxe e projeta trilogia; veja como foi Joshua venceu Andy Ruiz e voltou a ter quatro títulos em sua posse (Foto Richard Heathcote / Getty Images)

publicidade

Derrotado por Andy Ruiz Jr em junho, Anthony Joshua “se vingou” no último sábado (7), em Diriyah, na Arábia Saudita, e voltou a ter em sua posse os cinturões de quatro das cinco principais organizações do Boxe mundial na divisão dos pesados: Associação Mundial de Boxe (WBA), Organização Mundial de Boxe (WBO), Federação Internacional de Boxe (IBF) e Organização Internacional de Boxe (IBO). Joshua superou o americano de raízes mexicanas por decisão unânime.

Com lembranças do revés sofrido – o único da sua carreira até o momento – para Ruiz em junho e ciente do poder de nocaute do adversário na curta distância, Joshua traçou uma estratégia diferente para a revanche. Mais leve em relação à primeira luta, o britânico deu um show de movimentação e se aproveitou da maior envergadura para conectar bons jabs sobre Andy, que ao contrário de Anthony, se apresentou mais pesado para o segundo encontro e pouco ameaçou o raio de ação do adversário, se tornando um alvo fixo.

Com isso, Joshua foi abrindo pontos importantes e seguiu superior no confronto peso-pesado. Desta forma, o britânico apenas administrou sua vantagem nos últimos rounds e saiu com o triunfo por unanimidade, reconquistando os títulos e emplacando sua 23ª vitória no Boxe profissional. Após a luta, Anthony não descartou uma possibilidade de trilogia diante do americano e aproveitou para afastar a chance de lutar contra Tyson Fury e Deontay Wilder, este último atual campeão do Conselho Mundial de Boxe (WBC).

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade