Com três disputas de título, estreia de Aldo nos galos e brasileiras em ação, UFC 245 promete ser histórico

Publicado em 14/12/2019 por: Mateus Machado
Com três disputas de título, estreia de Aldo nos galos e brasileiras em ação, UFC 245 promete ser histórico Marlon Moraes e José Aldo voltaram a trocar farpas nas redes sociais (Foto Reprodução/ YouTube/UFC)

publicidade

O UFC 245, marcado para acontecer neste sábado (14), em Las Vegas (EUA), promete ser histórico. Para o seu penúltimo evento no ano de 2019, o Ultimate preparou uma edição com incríveis três disputas de cinturão. Na luta principal, o campeão meio-médio Kamaru Usman colocará seu título em jogo diante do polêmico Colby Covington, em confronto que promete fortes emoções aos fãs de MMA.

No co-main event, Max Holloway, dono do cinturão peso-pena, terá pela frente o desafiante Alexander Volkanovski. Abrindo as disputas de título, a “campeã dupla” Amanda Nunes vai defender seu título na divisão dos galos em combate diante da perigosa Germaine de Randamie, com promessa de trocação.

Outra grande atração fica por conta da estreia de José Aldo, ex-campeão peso-pena, na categoria dos galos. Em sua primeira luta nos 61kg, o manauara vai enfrentar Marlon Moraes, em mais um duelo aguardado. Além disso, as brasileiras Ketlen Vieira e Viviane Araújo enfrentam Irene Aldana e Jessica Eye, respectivamente. Em caso de triunfo, as atletas se aproximam da disputa de título em suas categorias.

Três disputas de título em card histórico

Três lutas, três cinturões em jogo. O UFC 245 reúne alguns dos principais nomes da organização na atualidade. Na luta principal da noite, o campeão meio-médio Kamaru Usman (15-1-0) enfrenta o ex-dono do título interino da divisão Colby Covington (15-1-0). No evento co-principal, o rei dos penas Max Holloway (21-4-0) defende seu cinturão pela quarta vez, dessa vez contra o australiano Alexander Volkanovski (20-1-0), que vem de vitória sobre José Aldo, em maio, quando calou a torcida brasileira em combate no UFC Rio.

 

Ver essa foto no Instagram

 

LET’S GO! ? ?? @Usman84kg vs ?? @ColbyCovMMA at #UFC245

Uma publicação compartilhada por ufc (@ufc) em


Completando a trinca de campeões, a tida “maior lutadora de todos os tempos” Amanda Nunes (18-4-0) volta ao octógono contra a holandesa e ex-campeã peso-pena Germaine De Randamie (9-3-0). Dona dos cinturões peso-galo e peso-pena do UFC, a brasileira luta em sua categoria de origem. A adversária é uma velha conhecida. Amanda e De Randamie se enfrentaram em novembro de 2013, naquela que foi apenas a segunda luta da brasileira na organização. Apesar disso, o resultado foi com a cara da “Leoa” de hoje: um nocaute no primeiro round. Invicta há nove lutas, Amanda espera somar mais uma nessa lista, manter seu cinturão peso-galo e solidificar ainda mais o seu posto de maior atleta da história do evento.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Who leaves the jungle with the belt!? ? #UFC245

Uma publicação compartilhada por ufc (@ufc) em


José Aldo desce e estreia em nova categoria

O UFC 245 marca também a estreia do ex-campeão peso-pena José Aldo (28-5-0) na categoria dos galos. Depois de uma carreira consagrada na divisão até 66kg, o brasileiro resolveu ir atrás de novos estímulos, desafiando, inclusive, o atual campeão peso-galo Henry Cejudo. Mas para chegar até ele, Aldo vai precisar primeiro passar pelo compatriota e líder do ranking, Marlon Moraes (22-6-1). Ex-desafiante ao cinturão até 61kg, o natural de Nova Friburgo já declarou se sentir honrado em poder dividir o octógono com um ídolo. Uma vitória sobre um nome como o de Aldo pode garantir a Marlon uma nova chance contra Cejudo.

Brasileiras lutando de olho no title shot

Duas atletas completam a porção brasileira do card do UFC 245. Depois de 21 meses parada por conta de uma cirurgia no joelho, a amazonense Ketlen Vieira (10-0-0) está de volta. Invicta e vice-líder do ranking peso-galo do UFC, Ketlen enfrenta a mexicana Irene Aldana (11-5-0), décima da divisão. Uma vitória neste sábado pode colocar a brasileira na rota da vencedora da luta entre Amanda Nunes e Germaine De Randamie.

Já a brasiliense Viviane Araújo (8-1-0) faz a sua terceira luta no ano. A peso-mosca estreou em maio, quando aceitou a luta contra Talita Bernardo na semana do evento. Venceu por nocaute e dois meses depois voltou para enfrentar Alexis Davis, vencendo por decisão. Sua adversária em Las Vegas será Jessica Eye (14-7-1), número 2 do ranking, que vem de derrota para a campeã Valentina Shevchenko, em junho.

CONFIRA OS RESULTADOS: 

UFC 245
T-Mobile Arena, em Las Vegas (EUA)

Sábado, 14 de dezembro de 2019

Card principal
Kamaru Usman derrotou Colby Covington por nocaute técnico no 5R
Alexander Volkanovski derrotou Max Holloway por decisão unânime dos jurados
Amanda Nunes derrotou Germaine de Randamie por decisão unânime dos jurados
Marlon Moraes derrotou José Aldo por decisão dividida dos jurados
Petr Yan derrotou Urijah Faber por nocaute no 3R

Card preliminar
Geoff Neal derrotou Mike Perry por nocaute técnico no 1R
Irene Aldana derrotou Ketlen Vieira por nocaute técnico no 1R
Omari Akhmedov derrotou Ian Heinisch por decisão unânime dos jurados
Matt Brown derrotou Ben Saunders por nocaute técnico no 2R
Chase Hooper derrotou Daniel Teymur por nocaute técnico no 1R
Brandon Moreno derrotou Kai-Kara France por decisão unânime dos jurados
Jessica Eye derrotou Vivi Araújo por decisão unânime dos jurados
Punahele Soriano derrotou Oskar Piechota por nocaute no 1R

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade