Dana vê Aldo melhor que Marlon e abre as portas para disputa de cinturão: ‘Cejudo quer enfrentá-lo’

Publicado em 16/12/2019 por: Mateus Machado
Dana vê Aldo melhor que Marlon e abre as portas para disputa de cinturão: ‘Cejudo quer enfrentá-lo’ Presidente do UFC, Dana discordou da derrota de Aldo para Marlon (Foto Josh Hedges / Getty Images)

publicidade

A derrota de José Aldo para Marlon Moraes por decisão dividida dos jurados no UFC 245, realizado no último sábado (14), pode não ter prejudicado muito o ex-campeão peso-pena em seu plano de disputar o título na divisão dos galos. Quem garante isso é Dana White, presidente do Ultimate, que se mostra cada vez mais disposto a mudar alguns métodos da organização.

Em entrevista coletiva após a edição em Las Vegas (EUA), Dana disse que discordou da decisão dos árbitros e viu triunfo de Aldo sobre Marlon. Além disso, revelou que Henry Cejudo, atual campeão peso-galo – e também dos moscas – da franquia deseja enfrentar o manauara, o que pode facilitar o processo do brasileiro em “furar a fila” e disputar antes o título até 61kg.

“Eu recebi uma mensagem do Cejudo. Ele disse que foi um absurdo, que o Aldo não perdeu e que ele quer enfrentar o Aldo. Eu não detesto essa ideia. Olha, eu acho que o Aldo venceu. Quem aqui marcou vitória para o Aldo? Ok, a maioria também viu vitória do Aldo. Se o Cejudo quer essa luta, eu não vejo problema”.

Cejudo provoca o brasileiro

Além de Dana White revelar o desejo de Cejudo em enfrentar José Aldo, o próprio lutador utilizou suas redes sociais para reiterar a vontade de dividir o mesmo octógono com o ex-campeão dos penas. Atual dono dos cinturões peso-mosca e galo do Ultimate, o norte-americano se declarou o “Rei do Rio” e lançou um desafio para encarar o brasileiro em um evento do UFC na Cidade Maravilhosa, onde Aldo reside.

“Para meu retorno, eu realmente queria enfrentar o Dominick Cruz, mas pensei a respeito e ele é muito frágil. Se eu mandasse ele se ajoelhar, ele se machucaria. Mas não estou aqui para falar do Cruz, estou aqui para falar de José Aldo. Tenho uma mensagem para supostamente o ‘Rei de Rio’. Parabéns, uma palma para você, mas só uma. Muita gente achou que você ganhou a última luta. Mas parabéns, porque agora você tem uma reunião com Henry Cejudo. Mas será nos meus termos, você vai lutar na minha cidade: Rio de Janeiro! O papai está chegando. Dana, vamos assinar este contrato”, declarou Cejudo, que não luta desde junho.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade