Antes do UFC 245, Amanda Nunes reafirma ser maior da história: ‘Venho provando e exigo respeito’

Publicado em 11/12/2019 por: Yago Redua
Antes do UFC 245, Amanda Nunes reafirma ser maior da história: ‘Venho provando e exigo respeito’ Amanda Nunes vai defender o cinturão peso-galo neste sábado (14), no UFC 245 (Foto Jeff Bottari / Getty Images)

publicidade

* Primeira e única melhor campeã dupla do UFC, Amanda Nunes vai entrar em ação no próximo sábado (14) para defender o cinturão dos galos e tentar ampliar ainda mais o seu domínio dentro da modalidade. O embate será uma revanche contra a holandesa Germaine de Randamie, no card principal do UFC 245, que acontece em Las Vegas (EUA).

A “Leoa” é considerada por muitos fãs e especialistas como a “maior de todos os tempos” no MMA feminino. Inclusive, a campeã crê que, com esforço do seu trabalho, conquistou esse direito após grandes vitórias.

“E eu vou falar que não sou (a maior de todos os tempos)? Eu conquistei o auge da minha carreira com o que eu faço. Você quer chegar no topo. E eu vou falar o quê? Trabalhei para isso. Ganho mais do que meus amigos, porque trabalhei para isso. A vida é assim: uns ganham e outros perdem”, disse Amanda, que seguiu falando sobre o desejo de ser a maior de todos os tempos dentro do MMA, independente do gênero.

“Essa é a meta de todos os atletas, ser considerado o melhor. Se o atleta falar isso pra mim, que não quer ser o melhor… Isso não existe. Quando eu falo que sou a melhor, não é porque quero ser boçal. Venho provando e mereço respeito. Minha equipe e eu merecemos respeito”, destacou a campeã dupla do Ultimate – peso galo e pena – em bate-papo com a imprensa na noite da última quarta-feira (10).

Com uma invencibilidade de nove lutas, Amanda vai reencontrar Randamie após seis anos. No primeiro encontro, a brasileira nocauteou a holandesa. Durante a entrevista, a campeã dupla citou algumas mudanças da adversária neste período, comentou parte da sua estratégia, disse que a compatriota Ketlen Vieira, dependendo do que acontecer no sábado, pode ser a próxima desafiante, e muito mais.

Confira a abaixo a entrevista na íntegra com Amanda Nunes:

– Análise de Germaine de Randamie

Ela evoluiu bastante desde então (junho de 2013). Acredito que eu tenha uma opção de usar o Wrestling, o Jiu-Jitsu e posso usar também o meu jogo em pé. Vai depender do rumo que a luta tomar. Acho que manter a tranquilidade e esperar o momento certo é o principal. Ela melhorou bastante as defesas de queda dela.

– Ketlen Vieira no radar da campeã

É o seguinte: o foco é a Germaine no momento. Depois dessa luta, podemos falar do futuro. Vamos ver o que vai acontecer. A Ketlen e eu temos outras adversárias no sábado. Estou aqui para defender o cinturão, não quero escolher oponente. Isso é o UFC que decide. Eles me ligam e eu aceito. O que rolar neste fim de semana, vai definir quem será a próxima desafiante ao cinturão peso-galo, e ainda tem a divisão dos penas.

– Vontade de defender o cinturão até 66kg

É importante defender (o cinturão dos penas). Eu o conquistei, então, tenho que defender. É importante seguir trabalhando. A vida do lutador não para. O futuro à Deus pertence, mas sigo um caminho gratificante.

– Motivação para seguir fazendo história

Vou continuar defendendo o cinturão. Já defendi contra as maiores do MMA feminino. É uma luta muito importante para a minha carreira. Todas as defesas são importantes e essa é mais uma delas.

– Possível revanche com Cris Cyborg

Hoje ela (Cyborg) não está mais no UFC, então, isso é quase que impossível de acontecer. Eu lutei a primeira vez, e aceitaria lutar a segunda, terceira, quarta e quinta vez. Vamos ver o que acontece no futuro.

CARD COMPLETO: 

UFC 245
Las Vegas, nos Estados Unidos

Sábado, 14 de dezembro de 2019

Card principal
Peso-meio-médio: Kamaru Usman x Colby Covington
Peso-pena: Max Holloway x Alexander Volkanovski
Peso-galo: Amanda Nunes x Germaine de Randamie
Peso-galo: Marlon Moraes x José Aldo
Peso-galo: Petr Yan x Urijah Faber

Card preliminar
Peso-meio-médio: Geoff Neal x Mike Perry
Peso-galo: Ketlen Vieira x Irene Aldana
Peso-médio: Ian Heinisch x Omari Akhmedov
Peso-meio-médio: Matt Brown x Ben Saunders
Peso-pena: Chase Hooper x Daniel Teymur
Peso-mosca: Brandon Moreno x Kai-Kara France
Peso-mosca: Jessica Eye x Vivi Araújo
Peso-médio: Punahele Soriano x Oskar Piechota

* Por Yago Rédua

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade