Belfort cria modalidade e desafia lutadores; Whittaker deixa UFC 248 por conta de problema de saúde da filha

Publicado em 25/01/2020 por: Yago Redua
Belfort cria modalidade e desafia lutadores; Whittaker deixa UFC 248 por conta de problema de saúde da filha Contratado em 2019, Vitor Belfort vive expectativa para estrear pelo ONE Championship (Foto reprodução Instagram)

publicidade

Uma das grandes referências dentro do MMA, Vitor Belfort, ainda como lutador, busca um novo empreendimento dentro do ONE Championship. O brasileiro, através de sua conta no Instagram, desafiou outros lutadores para uma adaptação do Boxe e MMA, criada pelo próprio “Phenom”.

Segundo Vitor, a modalidade seria o BOXEMMA e teria regras especiais. O lutador, de 42 anos, fez o convite e afirmou que vai “balançar o mundo”.

“MMA e Boxe no ONE. Eu deixei o UFC quase dois anos atrás e ainda detenho o (recorde) de mais nocautes na história do UFC. Então, eu gostaria de desafiar qualquer campeão mundial, lenda, com história na trocação, MMA, boxe. Em qualquer peso, leve ou pesado. Acredite em mim, nós vamos balançar o mundo dos esportes de combate. Vamos competir no BOXEMMA comigo, sob as regras misturadas entre boxe e MMA. One Championship, a maior e que mais cresce plataforma de esportes do planeta. Vamos fazer história e entregar o melhor de ambos esportes, misturados em ONE”, escreveu Vitor, que não luta desde maio de 2018, quando foi nocauteado por Lyoto Machida.

Whittaker desiste de luta por causa de doença da filha

Ex-campeão dos médios, Robert Whittaker estava escalado para lutar no UFC 248, no dia 7 de março contra Jared Cannonier. Através das redes sociais, o lutador informou que não vai mais participar do card.

De acordo com o site Daily Mail, Whittaker desistiu do combate para ajudar a filha Liliana, de apenas um ano, que enfrenta um problema de saúde. O lutador, inclusive, vai doar medula óssea para ela. No entanto, não se sabe qual é a doença e a real gravidade do caso.

“Peço desculpas a todos os meus amigos, fãs e família por não ser capaz de lutar em março. Muito tem acontecido nos últimos 12 meses e eu preciso tirar um tempo agora para estar com a minha família, desacelerar as coisas e me focar novamente. Desculpa todo mundo novamente, mas eu voltarei. O melhor ainda está por vir”, postou o ex-campeão.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade