Sem lutar desde outubro de 2018, quando foi derrotado por Khabib Nurmagomedov, Conor McGregor fará seu retorno ao Ultimate já neste início de 2020, mais precisamente no dia 18 de janeiro, em duelo contra Donald “Cowboy” Cerrone na luta principal do UFC 246, que acontecerá em Las Vegas, nos Estados Unidos. Presidente da organização, Dana White está empolgado para o retorno do ex-campeão peso-pena e leve da companhia.

Em entrevista à ESPN americana, Dana revelou que o irlandês pretende realizar três combates no ano de 2020. Além de Cerrone, McGregor tem o desejo de enfrentar Jorge Masvidal pelo cinturão BMF, “Baddest Mother**ker”, em inglês (o “mais durão” de todos), e projeta uma aguardada revanche diante de Khabib Nurmagomedov.

“Conor McGregor quer esse cinturão (BMF) de (Jorge) Masvidal. Fiz isso só uma vez e, como eu disse, foi divertido. Foi demais. Vamos ver o que acontece”, afirmou Dana, que de início, declarou que não gostaria de ver a luta, ressaltando que gostaria de ver Conor aguardando por uma disputa de cinturão no peso-leve em caso de vitória contra Cerrone.

“Eu acho que é uma má ideia (enfrentar Jorge Masvidal). Conor fica chateado quando digo que é uma péssima ideia e ele fica tipo: ‘Você acha que não posso derrotar Masvidal?’ Não estou dizendo que você não pode vencer Masvidal. Qualquer um pode derrotar alguém em um determinado dia, mas por quê? Por que ir atrás dessa luta quando você poderia esperar (por uma disputa de cinturão)?”, concluiu.