Invicto no MMA, pupilo de Miltinho Vieira mostra empolgação para estreia no Future MMA: ‘Divisor de águas na minha carreira’

Publicado em 13/01/2020 por: Mateus Machado
Invicto no MMA, pupilo de Miltinho Vieira mostra empolgação para estreia no Future MMA: ‘Divisor de águas na minha carreira’ Invicto no MMA, Pedro Machado fará sua estreia pelo Future MMA (Foto: Divulgação/Sparta Fight Series)

publicidade

Um passo de cada vez. É assim que o carioca Pedro Machado vem planejando a sua carreira no MMA. Aos 27 anos, ele fará apenas a sua terceira luta como profissional, mas encara a chance de atuar no Future MMA 11, programado para acontecer na próxima sexta-feira (17) em São Paulo, como uma oportunidade de dar uma turbinada em sua curta atividade no esporte de luvinhas.

Empolgado por estar escalado para lutar em um dos eventos de MMA que mais cresce no Brasil na atualidade, o pupilo de Miltinho Vieira acredita que o combate na organização representará uma mudança importante no rumo de sua carreira.

“As expectativas para esse combate são as melhores possíveis. Estou extremamente feliz e motivado. O Future MMA é hoje, sem dúvidas, a melhor franquia de Mixed Martial Arts para se integrar o plantel – se tratando de Brasil e América Latina. Eu mentalizei por muito tempo essa oportunidade. Acredito, do fundo do meu coração, que essa é a luta que funcionará como um divisor de águas na minha carreira. Vou ter a oportunidade de atuar, tanto no pré-luta, quanto na luta e no pós-luta também, com a maior plataforma holística no que tange o esporte no nosso país atualmente”, declarou Pedro.

Faixa-marrom de Luta-Livre, Pedro tem a luta de chão como sua especialidade. O atleta da Rio Fighters estreou em 2018 no MMA vencendo por finalização. Logo em sua segunda luta, que aconteceu em 2019, ele teve a oportunidade de fazer um combate internacional, e mais uma vez saiu vitorioso com uma finalização em combate realizado na Inglaterra. Pedro terá pela frente o estreante Maicon “Pitbull” (Team Soto), que tem a trocação como seu carro-chefe.

“Acredito que o Maicon vá procurar manter a luta em pé, pois a sua bagagem maior como competidor vem de competições de Muay Thai. Eu venho de duas vitórias por finalização como profissional, além de outras cinco da mesma maneira como amador. Sou faixa marrom de Luta Livre Esportiva graduado pelo Miltinho Vieira, e isso explica muita coisa. Acredito que sou um atleta completo no que diz respeito ao MMA e não costumo desperdiçar chances, seja ela na luta em pé ou na luta de solo. O caminho para a vitória sempre será não desperdiçar a primeira chance de acabar com a luta. E acredito também que o fator experiência, se tratando de Mixed Martial Arts, pesará a meu favor”, analisou.

O Future MMA é um evento que vem crescendo e abrindo portas para os lutadores em grandes eventos. Por isso, Pedro espera vencer e conseguir um contrato maior com a organização, e assim alavancar de vez a sua carreira no MMA.

“Cumprindo a missão e trazendo mais essa vitória para a Rio Fighters, não escondo que tenho interesse de firmar algo de médio prazo com o próprio Future MMA, o que acredito depender diretamente da minha performance no combate. Apesar da cabeça nas nuvens, mantenho os meus pés no chão. É um passo de cada vez. Tudo o que eu tenho está voltado para o dia 17 de janeiro, na edição de número 11 do Future MMA”, concluiu.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade