Resumo do MMA: Patrício tem duelo oficializado contra português no Bellator 241; Livinha lança desafio a Mackenzie

Publicado em 11/01/2020 por: Mateus Machado
Resumo do MMA: Patrício tem duelo oficializado contra português no Bellator 241; Livinha lança desafio a Mackenzie Campeão duplo do Bellator, Patrício Pitbull vai enfrentar português (Foto Bellator MMA)

publicidade

Patrício Pitbull enfrenta português no Bellator 241

Atual campeão duplo do Bellator na categoria peso-pena e também dos leves, Patrício Pitbull já tinha conhecimento de que enfrentaria Pedro Carvalho nas quartas de final do GP peso-pena da organização. No entanto, na última quinta-feira (9), a organização confirmou que o brasileiro enfrentará o português na luta principal do Bellator 241, agendado para o dia 13 de março, em Uncasville (EUA). O vencedor do torneio, vale ressaltar, fica com o título da categoria e recebe o grande prêmio de US$ 1 milhão.

Embalado por cinco vitórias consecutivas, Patrício conseguiu a vaga nas quartas do GP ao derrotar, em setembro, o americano Juan Archuleta por decisão unânime dos jurados. Enquanto isso, Pedro Carvalho, que vem de seis triunfos em sequência, avançou de fase no torneio ao superar Sam Sicilia por finalização no card do Bellator 226, também em setembro, assim como o potiguar.

Pedro Munhoz ‘abre brecha’ para duelo contra Ryan Hall

Atualmente com 33 anos, Pedro Munhoz vinha de três vitórias consecutivas, no entanto, em sua última luta, acabou sendo derrotado por Aljamain Sterling na decisão unânime dos jurados. Disposto a novos desafios em sua carreira, o brasileiro estaria disposto a subir para a categoria peso-pena para enfrentar um adversário em questão. Trata-se de Ryan Hall, que vem embalado por oito vitórias, sendo quatro delas pelo Ultimate, e está em 14º no ranking da categoria até 66kg.

Recentemente, o americano revelou que alguns lutadores dos penas recusaram enfrentá-lo. Além disso, Hall pediu para a organização casar duelos contra José Aldo e Frankie Edgar, todavia, não obteve êxito em seu pedido. Desta forma, Pedro Munhoz mostrou-se animado em subir para o peso-pena para enfrentá-lo “na próxima semana” ou em qualquer outra data que o americano escolher.

“Ele pediu uma luta com o Gray Maynard, que tem 40 anos. Ele pediu José Aldo, que acabou de descer para o peso-galo. Ele perguntou por Frankie Edgar, que tem quase 40 anos e quebrou a mandíbula na última luta. Eu lutaria contra esse cara, seria uma boa. Ele tem o melhor Jiu-Jitsu da categoria peso pena, e eu tenho o melhor Jiu-Jitsu da categoria peso galo. Eu tenho nove vitórias por guilhotina e ele tem um monte de chaves de calcanhar. Eu estava conversando com o UFC e eles me ofereceram o Cody Stamann, e até me deram a data (7 de março). Ele está abaixo de mim no ranking, mas eu concordei. Três dias depois, o UFC me disse que ele não queria lutar comigo”, disse o brasileiro, em entrevista ao site MMA Fighting.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Putting in work with the homies #porrada

Uma publicação compartilhada por Pedro Munhoz (@pedromunhozmma) em

Livinha Souza pede luta contra Mackenzie Dern no UFC Brasília

Após a derrota em sua última luta para Brianna Van Buren, em julho, Livinha Souza era cotada para enfrentar a compatriota Virna Jandiroba no UFC Washington, em dezembro, entretanto, uma lesão nas costas acabou frustrando os planos da lutadora. Em processo de recuperação da contusão, a paulista tem planos de fazer seu retorno ao cage no card do UFC Brasília, marcado para o dia 14 de março, e para isso, lançou o desafio a Mackenzie Dern, que também vem de revés em sua última apresentação, para Amanda Ribas.

“Quero lutar em Brasília. Vamos ver o que acontece. Se Mackenzie (Dern) quiser, eu estou aqui. Gostaria de lutar com ela porque a admiro. Seria uma ótima luta para os fãs de Jiu-Jitsu. Seremos duas anacondas rolando por lá”, projetou a lutadora, em entrevista ao site MMA Fighting.

Aos 28 anos, Livinha Souza possui um cartel de 13 vitórias e duas derrotas no MMA profissional. Pelo Ultimate, a atleta soma três duelos, com dois triunfos e um revés. Dois anos mais nova, Mackenzie estava invicta no MMA, com sete resultados positivos, sendo dois deles pelo UFC, no entanto, viu sua invencibilidade chegar ao fim ao ser derrotada por Amanda Ribas em sua última luta.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Esquiva e vai pro game 🔥🤘🏻 #mma #livinhaknows #ufc #un1verghetto

Uma publicação compartilhada por Lívia Renata Souza – (Lívinha) (@livinhaufc) em

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade