Ex-campeão dos meio-médios do Bellator, Rory MacDonald anunciou no fim de 2019 que estava de malas prontas para a Professional Fighters League, a PFL. O canadense realizou a sua última aparição no cage circular em outubro passado, quando perdeu a final do GP até 77kg para o brasileiro Douglas Lima, em uma revanche.

No primeiro encontro, MacDonald saiu vitorioso e pegou o cinturão do brasileiro. A final do torneio marcava, justamente, a última luta do contrato de “Red King” com o Bellator. Ao site MMA Junkie, Rory disse que espera fazer uma trilogia com Douglas em algum momento do futuro. O atual campeão, inclusive, ficou “frustrado” com a saída do norte-americano da franquia liderada por Scott Coker.

Ainda sobre a saída do Bellator, MacDonald disse que optou pela PFL também pelo formato inovador, que coloca os atletas para competirem em temporada regular e, depois, playoffs para definir o campeão da categoria e o dono do prêmio de US$ 1 milhão.

“Eu queria ver quais opções estavam disponíveis (no mercado), e a melhor opção era a PFL”, disse o lutador, revelando que chegou a negociar uma renovação com o Bellator.