Corner de Deontay Wilder joga a toalha após ‘massacre’ e Tyson Fury reconquista o título linear dos pesados; veja como foi

Publicado em 23/02/2020 por: Mateus Machado
Corner de Deontay Wilder joga a toalha após ‘massacre’ e Tyson Fury reconquista o título linear dos pesados; veja como foi Tyson Fury foi amplamente superior e se tornou o novo campeão linear da WBC (Foto: Reprodução/Twitter)

publicidade

Após empatarem no primeiro encontro, realizado em 2018, Tyson Fury e Deontay Wilder voltaram a se enfrentar, no último sábado (22), no Hotel Cassino MGM, em Las Vegas (EUA), em duelo que colocou em jogo o cinturão do Conselho Mundial de Boxe (WBC). Em um confronto que durou sete rounds, melhor para Fury, que foi amplamente superior durante toda a luta e viu o corner do seu oponente jogar a toalha no centro do ringue em sinal de desistência, tornando o britânico campeão peso-pesado da WBC depois de sair vencedor por nocaute técnico.

Os lutadores iniciaram o confronto em alto ritmo, com ambos buscando o centro do ringue e trocando golpes potentes, com vantagem para Tyson Fury e seus jab’s, apesar de bons momentos protagonizados também por Wilder. No segundo assalto, o britânico seguiu melhor, fazendo combinações precisas de jab’s e cruzados de direita, que começavam a atordoar o americano, que apostava em jab’s e overhands, mas se via claramente em desvantagem.

No terceiro round, os cruzados seguiam fazendo a diferença a favor de Fury, mas um potente overhand de direita, que acertou a nuca de Wilder e o levou a knockdown, abriu caminho para um domínio ainda maior. Após um quarto assalto sem maiores ações, Tyson voltou a crescer de produção na quinta etapa com uma sequência que teve um direto de direita seguido de um cruzado de esquerda, que voltou a derrubar Deontay.

No sétimo round, Tyson Fury sacramentou sua vitória. Ao ver seu adversário cansado e desestabilizado pelos fortes golpes recebidos, o britânico voltou a imprimir um ritmo forte, e ao ver Wilder totalmente entregue na luta, a equipe do americano tomou a difícil decisão de jogar a toalha no centro do ringue, o que tornou Fury vencedor por nocaute técnico e campeão peso-pesado do WBC.

Com isso, Tyson Fury ampliou seu cartel invicto para 30 vitórias e um empate. O britânico, que já teve em sua posse os títulos mundiais da WBA, WBO, IBF e IBO, adicionou o cinturão que lhe faltava o da WBC. Por outro lado, Deontay Wilder conheceu sua primeira derrota no Boxe profissional, em um cartel que até então contava com 42 triunfos e um empate.

Assista aos melhores momentos do combate:

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade