Kaynan supera Trator e conquista cinturão no F2W 136; Erberth e Bia Basílio brilham no Curitiba Open

Publicado em 17/02/2020 por: Yago Redua
Kaynan supera Trator e conquista cinturão no F2W 136; Erberth e Bia Basílio brilham no Curitiba Open Kaynan Duarte bateu Vinícius Trator e ficou com o cinturão do Fight To Win (Foto: Divulgação/F2W)

publicidade

Um dos grandes nomes da atualidade do Jiu-Jitsu, Kaynan Duarte subiu ao tatame pela primeira vez após a oficialização da suspensão por doping da USADA (Agência de Antidoping dos EUA). O lutador da Atos JJ está impedido de participar de competições da IBJJF/CBJJ até o início de junho deste ano. No mais, pode seguir lutando em eventos de luta casada e teve um desafio no Fight to Win 136 contra Vinícius Trator, no último fim de semana, em Los Angeles (EUA). Kaynan levou a melhor na decisão dos árbitros e ficou com o título dos pesados No-Gi.

No co-main event, Jena Bishop superou Gabi Mccomb. Ron Henderson superou Kristian Woodmansee e levou o cinturão dos moscas, enquanto Johnny Souza bateu Nick Greene para ficar com o título dos médios. Outros destaques do evento foram as vitórias de Edwin Najmi sobre Johnny Tama e a finalização de Michael Liera diante de Piter Frank. Ex-atleta do UFC, Wilson Reis pegou Adam Mazin com um mata-leão.

Destaques no Curitiba Open

Neste fim de semana, no Paraná, aconteceu o Curitiba Open da CBJJ. Erberth Santos e Bia Basílio foram ouro duplo na faixa-preta adulto. Outros campeões na faixa-preta foram Klaus Meine (pluma), Antônio Henrique (pena), Gabriel Figueiró (leve) e Leonardo Lara (médio). Nas categorias mais pesadas, Luiz das Neves (meio-pesado), Luan Lima (pesado) e Jurandir Vieira (pesadíssimo) ficaram com os títulos. Entre as mulheres, Luciane Silva (leve), Éricka Almeida (médio), Sábatha Laís (meio-pesado) e Bruna Valois (pesado) conquistaram o primeiro lugar de suas respectivas divisões.

Nas disputas sem quimono, Pedro Agrizi faturou a medalha dourada na categoria dos super-pesados e também no absoluto. Não tiveram disputas na faixa-preta adulto entre as mulheres.

Destaques do Miami Open

Na Flórida, Estados Unidos, foi disputado o Miami Open da IBJJF. Um dos nomes mais consagrados do Jiu-Jitsu, Roberto Abreu entrou em ação no absoluto e ficou com o título após fechar com Aaron Johnson companheiro de equipe na Fight Sports. Os dois também fecharam os pesadíssimos. Nas competições femininas, Jaqueline Ramos foi ouro duplo – mas não teve oponentes na divisão. Nas categorias, destaque para João Miyao (pluma) e Gianni Grippo (leve), que também foram campeões.

Destaques do National Pro França

A AJP Tour realizou o Abu Dhabi National Pro da França. Diversos brasileiros entraram em ação. Na divisão até 69kg, Hiago George ficou com o título diante do companheiro de equipe, da Cícero Costha, Diego Pato, enquanto Natan Chueng levou a medalha de ouro na classe até 77kg. Já nas disputas femininas, faixa-marrom/preta, um clássico da nova geração: Gabi Pessanha contra Thamara Ferreira. O título foi para a atleta da Infight na divisão até 95kg.

View this post on Instagram

Campeã Abu Dhabi National Pro France ✨

A post shared by Gabrieli Pessanha (@gabrieli_pessanha) on

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade