Treinamento Estadual é avaliado como ‘positivo’ pela FJERJ e presidente aponta: ‘Judô cresce como um todo’

Publicado em 18/02/2020 por: Yago Redua
Treinamento Estadual é avaliado como ‘positivo’ pela FJERJ e presidente aponta: ‘Judô cresce como um todo’ Leonardo Lara, vice presidente da FJERJ, ao lado dos professores franceses (Foto: Marcos Castro)

publicidade

No último fim de semana, no Oásis Clube, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, a FJERJ (Federação de Judô do Estado do Rio de Janeiro) realizou o Treinamento Estadual. O camp contou com a presença de quase 400 atletas das classes sub-13, sub-15, sub-18, sub-21, sênior e veteranos.

Além disso, teve a colaboração especial de treinadores franceses, que estão no país participando de um curso de técnicas de solo do COB (Comitê Olímpico Brasileiro) e foram convidados pela FJERJ.

Presidente da federação, Jucinei Costa, que fez um balanço positivo do treinamento, afirmou que é importante esse intercâmbio entre os atletas das equipes do Rio. Segundo o dirigente, isso estimula como um todo o crescimento do Judô.

“O nosso balanço é positivo, tendo em vista que atingimos a maior parte das nossas agremiações. Há muito tempo não acontecia esse treinamento em conjunto aqui no Rio de Janeiro. Tentamos trazer para os nossos técnicos que só temos crescimento, se tivermos o intercâmbio também nos treinamentos e não só nas competições. O Judô é um esporte em grande evolução. As grandes competições internacionais, têm após os torneios, um grande treinamento internacional entre os atletas de elite do nosso esporte. Isso tira o atleta da zona de conforto e faz com que o Judô cresça como um todo”, disse.

Quem também mostrou entusiasmo com o evento foi o vice-presidente da FJERJ, Leonardo Lara, que destacou o valor dessa reunião e, principalmente, a presença dos técnicos franceses: “Esse treinamento já estava agendando na programação da FJERJ e conseguimos trazer para o treinamento uma equipe de técnicos franceses, que vieram para o Brasil para conhecer o nosso método de treinamento e para treinarem as técnicas de solo. Hoje, com esses treinadores da França, tivemos um aumento da qualidade desse intercâmbio”, disse Leonardo Lara.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade