Após polêmica com arbitragem, Cutelaba e Ankalaev farão revanche no UFC 249; Davi Ramos vai enfrentar russo em Portland

Publicado em 06/03/2020 por: Diogo Santarém
Após polêmica com arbitragem, Cutelaba e Ankalaev farão revanche no UFC 249; Davi Ramos vai enfrentar russo em Portland Luta que terminou em polêmica no UFC Norfolk foi remarcada para o UFC 249 (Foto reprodução YouTube)

publicidade

Pelo visto, as reclamações de Ion Cutelaba após o UFC Norfolk, realizado no último sábado (29), surtiram efeito. Derrotado pelo russo Magomed Ankalaev em uma interrupção considerada por muitos precoce por parte do árbitro e que gerou bastante polêmica, o lutador da Moldávia terá uma nova oportunidade de encarar Ankalaev, desta vez no UFC 249, marcado para o dia 18 de abril, em Nova York (EUA). A informação é da ESPN americana.

Na ocasião, em um dos combates mais esperados da noite, o árbitro Kevin MacDonald entendeu que Cutelaba estava nocauteado em pé, após troca de golpes com Ankalaev, e encerrou o duelo com menos de 40 segundos do primeiro round. A decisão gerou a revolta de Cutelaba e dos torcedores, e o lutador prometeu entrar com um recurso na DPRO – conselho de artes marciais do estado de Virgínia e responsável por regulamentar as lutas do UFC Norfolk. Já o meio-pesado russo aceitou a revanche no octógono.

Apesar dos contratos ainda não terem sido assinados, a decisão parece agradar os dois lutadores. Aos 26 anos, Cutelaba acumula 15 vitórias e cinco derrotas no MMA, enquanto Ankalaev, 27 anos, tem 13 triunfos e um revés. Na luta principal, Khabib Nurmagomedov defenderá o título dos leves contra Tony Ferguson.

Davi Ramos em ação nos Estados Unidos

Em busca de recuperação após ter sua série de quatro vitórias seguidas interrompida com a derrota para Islam Makhachev, em setembro do ano passado, Davi Ramos terá outro casca-grossa pela frente. Segundo divulgou a ESPN, o brasileiro vai enfrentar Arman Tsarukyan no UFC Portland, marcado para o dia 11 de abril, no Oregon (EUA), pelo peso leve. Na luta principal, Alistair Overeem e Walt Harris duelam nos pesados.

Faixa-preta de Jiu-Jitsu, Davi Ramos somou quatro triunfos seguidos até perder por decisão unânime para Makhachev em seu último compromisso. O cartel do brasileiro no MMA tem dez vitórias e três derrotas.

Natural da Armênia, Tsarukyan tem apenas duas lutas no Ultimate, com uma vitória e um revés – também para Makhachev. O triunfo foi o mais recente, em julho de 2019, por decisão contra Olivier Aubin-Mercier.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade