Com duas disputas de título, UFC 248 agita Las Vegas; Rodolfo Vieira e Alex Cowboy representam o Brasil

Publicado em 07/03/2020 por: Mateus Machado
Com duas disputas de título, UFC 248 agita Las Vegas; Rodolfo Vieira e Alex Cowboy representam o Brasil Adesanya é favorito para defender seu cinturão contra o experiente Yoel Romero (Foto reprodução YouTube)

publicidade

Em mais um evento que promete fortes emoções para os fãs de MMA, o UFC 248 desembarca em Las Vegas (EUA) neste sábado (7), trazendo duelos de alto nível técnico. Com duas disputas de cinturão confirmadas, a edição terá em sua luta principal o atual campeão peso-médio Israel Adesanya colocando seu título em jogo contra o experiente cubano Yoel Romero, que no auge de seus 42 anos, promete não dar vida fácil ao nigeriano, 12 anos mais novo.

Na luta co-principal, a atual detentora do cinturão peso-palha Weili Zhang defenderá seu posto pela primeira vez. A oponente da chinesa será uma velha conhecida dos torcedores, a ex-campeã Joanna Jedrzejczyk, que já ostentou o título dos palhas por anos e agora tenta retomar seu reinado. Sem dúvidas, trata-se de um combate que promete muita intensidade por parte das lutadoras do início ao fim.

O UFC 248, que está marcado para às 20h30 (horário de Brasília), contará ainda com dois brasileiros em ação. Em busca de reabilitação, o meio-médio Alex Cowboy terá pela frente o americano Max Griffin. Já o faixa-preta e campeão mundial de Jiu-Jitsu Rodolfo Vieira, invicto no MMA, com seis vitórias, vai medir forças diante de Saparbek Safarov. O card teria também a presença da peso-palha Polyana Viana, mas sua adversária, Emily Whitmire, passou mal horas antes do evento e o combate acabou cortado da edição.

Duas disputas de título agitam o sábado 

Dois cinturões estarão em jogo neste sábado, na T-Mobile Arena, em Las Vegas. Pelo peso médio, o campeão invicto Israel Adesanya (18-0-0) defende seu posto pela primeira vez contra o cubano Yoel Romero (13-4-0), atual número 3 da categoria. O nigeriano – que conquistou o cinturão interino em abril de 2019, vencendo Kelvin Gastelum – unificou os títulos em outubro, quando nocauteou o então campeão linear Robert Whittaker. Já Romero, apesar de vir de derrotas para o próprio Whittaker e o brasileiro Paulo Borrachinha, tem no currículo vitórias sobre os ex-campeões Rockhold, Chris Weidman e Lyoto Machida.

Assim como Adesanya, a chinesa Weili Zhang (20-1-0) também fará em Las Vegas a sua primeira luta como campeã do UFC. Dona do cinturão peso-palha, conquistado sobre a brasileira Jéssica Bate-Estaca em Shenzhen, em agosto, a atleta enfrenta a ex-campeã da divisão Joanna Jedrzejczyk (16-3-0), hoje número 4 da categoria. A polonesa, que foi campeã da divisão de março de 2015 a novembro de 2017, vem de vitória.

Dois brasileiros em ação no UFC 248

O UFC 248 também marca o retorno do peso-médio Rodolfo Vieira (6-0-0) ao octógono. O pentacampeão mundial de Jiu-Jitsu estreou no UFC em agosto de 2019, no UFC Uruguai. Na ocasião, finalizou Oskar Piechota no segundo round, se mantendo invicto e acumulando a sexta vitória em sua carreira no MMA. Seu adversário será o russo Saparbeg Safarov (9-2-0), que em sua última aparição, bateu Nicolae Negumereanu.

O peso-meio-médio Alex Cowboy (19-8-1, 2NC) é outro nome que estará em ação. Em busca de reabilitação após sofrer três reveses seguidos, o natural de Três Rios enfrenta o americano Max Griffin (15-7-0), que também não vive bom momento na franquia. Em suas últimas quatro lutas, Griffin foi derrotado três vezes.

RESULTADOS COMPLETOS: 

UFC 248
T-Mobile Arena, em Las Vegas (EUA)

Sábado, 7 de março de 2020

Card principal
Israel Adesanya derrotou Yoel Romero por decisão unânime dos jurados
Weili Zhang derrotou Joanna Jedrzejczyk por decisão dividida dos jurados
Beneil Dariush derrotou Drakkar Klose por nocaute no 2R
Neil Magny derrotou Li Jingliang por decisão unânime dos jurados
Alex Cowboy derrotou Max Griffin por decisão dividida dos jurados

Card preliminar
Sean O’Malley derrotou José Quiñonez por nocaute técnico no 1R
Mark Madsen derrotou Austin Hubbard por decisão unânime dos jurados
Rodolfo Vieira finalizou Saparbek Safarov com um katagatame no 1R
Gerald Meerschaert finalizou Deron Winn com um mata-leão no 3R
Giga Chikadze derrotou Jamall Emmers por decisão dividida dos jurados
Danaa Batgerel derrotou Guido Cannetti por nocaute no 1R

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade