Federação Internacional de Judô cancela eventos até abril por conta do coronavírus, e Sarah pode ficar fora das Olimpíadas

Publicado em 10/03/2020 por: Yago Redua
Federação Internacional de Judô cancela eventos até abril por conta do coronavírus, e Sarah pode ficar fora das Olimpíadas Campeã olímpica, Sarah Menezes fica em situação delicada na corrida pelos Jogos Olímpicos de Tóquio (Foto Rafal Burza / CBJ)

publicidade

A Federação Internacional de Judô (IJF) informou o cancelamento de todas as competições do Circuito Mundial até o dia 30 de abril. Isso inclui o Grand Slam de Ecaterimburgo, que aconteceria na Rússia, nos próximos dias 13, 14 e 15 de março, além dos Grand Prix de Tbilisi (Geórgia) e Antalya (Turquia).

O Brasil teria 25 atletas no Grand Slam da Rússia, que distribui até mil pontos no ranking mundial. O embarque da delegação brasileira estava previsto para essa terça-feira (10). Parte da delegação já havia realizado os trechos domésticos da viagem, mas nenhum membro chegou a embarcar para a Rússia.

Com os cancelamentos e se não for feita nenhuma mudança no quadro classificatório para os Jogos de Tóquio-2020, a campeã olímpica Sarah Menezes deve ficar de fora das Olimpíadas deste ano – caso isso de confirme. A lutadora é a 32ª colocada no ranking mundial na categoria até 52kg e o Brasil só pode levar duas atletas por divisão. Larissa Pimenta e Eleudis Valentim seriam, neste momento, as classificadas.

Sem esses torneios cancelados até 30 de abril, outros quatro importantes eventos contam pontos para o ranking mundial, que são o Pan-Americano, Masters e os Grand Slam de Baku (Azerbaijão) e Budapeste (Hungria). No entanto, os dois primeiros seguem os critérios olímpicos e apenas os dois melhores de cada país no ranking podem participar. Ou seja, Sarah ficaria em situação delicada na corrida por Tóquio 2020.

As decisões da IJF são as seguintes:

– os pontos obtidos pelos atletas até hoje, 9 de março, são válidos – com exceção do Grand Prix de Rabat, que não ocorreu
– A IJF congela o calendário de todos os torneios de qualificação olímpica até 30 de abril de 2020, começando com o Grand Slam de Ekaterinburg
– A IJF pretende manter o Grand Slam de Baku e o Masters de Doha (Qatar) como planejado, desde que a situação global da saúde melhore
– Em junho, o Grand Prix de Budapeste se tornará Grand Slam

Eventos da base que foram afetados

Assim como as competições de classificação olímpica, os eventos internacionais das equipes de base também foram impactados pelos cancelamentos na última semana. Entre as competições com previsão de participação brasileira canceladas estão as Copas Europeias sub-18 de Zagreb (Croácia) e sub-21 de Coimbra (Portugal). Como medida preventiva ao coronavírus, a participação da delegação brasileira nas Copas Europeias de Bad Blankenburg (Alemanha) e Bremem (Alemanha) também foram canceladas.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade