Jussier Formiga analisa luta no UFC Brasília e pede chance pelo cinturão peso-mosca em caso de vitória: ‘Espero por isso’

Publicado em 10/03/2020 por: Mateus Machado
Jussier Formiga analisa luta no UFC Brasília e pede chance pelo cinturão peso-mosca em caso de vitória: ‘Espero por isso’ Dispensado pelo UFC, Jussier Formiga vinha de três derrotas consecutivas (Foto reprodução YouTube)

publicidade

* Atual número três no ranking da categoria peso mosca, Jussier Formiga terá mais uma grande chance de se aproximar de uma disputa de cinturão na divisão. No próximo sábado (14), o brasileiro vai entrar em ação no card do UFC Brasília, quando terá pela frente Brandon Moreno – atual número cinco na lista. No duelo em questão, uma boa vitória pode colocar Jussier na linha de frente para receber a tão esperada oportunidade de lutar pelo título.

Mesmo vindo de derrota para Joseph Benavidez por nocaute técnico no segundo round, no que foi a sua luta mais recente, em junho do ano passado, Jussier tem a seu favor o fato de já ter vencido Deiveson Figueiredo, também em 2019, por decisão unânime dos jurados. Desta forma, superando Brandon Moreno no sábado, Formiga acredita que seria justo receber da organização uma chance de disputar o título dos moscas – que encontra-se vago atualmente -, em um novo duelo diante do compatriota Deiveson.

“Vamos ver o que vai acontecer. Eu tenho minha luta contra o Brandon Moreno, temos que pensar em cada passo de forma cautelosa. A expectativa é sair vencedor, e saindo vencedor, eu espero por uma luta pelo cinturão, sim. Já venci o Deiveson no ano passado e estou no Top 3 da categoria, enfrentando o quinto colocado. Nada mais justo de que o vencedor dessa luta de sábado seja colocado para disputar o cinturão contra o Deiveson Figueiredo logo depois”, disse o lutador potiguar em entrevista à TATAME.

Confira o bate-papo com Jussier Formiga na íntegra: 

– Preparação para a luta no UFC Brasília

Meu camp começou desde o dia 1º de janeiro (risos). Eu soube da luta no final de dezembro, mas eu já estava treinando, vinha de um camp para o Mundial No-Gi de Jiu-Jitsu, então essa luta veio em uma ótima hora, porque a gente já estava no meio de um trabalho, então foi o tempo de ajustar algumas coisas, fazer bons sparrings, acrescentar coisas novas ao meu jogo e deu tudo certo. Estamos prontos pra guerra.

– Análise do seu adversário, Brandon Moreno

Eu já conheço bem o meu adversário. É um cara que já passou pelo UFC, se não me engano foi cortado, voltou agora e vejo ele muito bem. É um moleque bom, um garoto jovem e que tem um potencial enorme. É mais uma pedreira nessa categoria, mas estamos prontos para mais esse desafio e a expectativa é de dar um show, agora para o público de Brasília. Podem esperar uma grande luta, porque meu adversário tem um Boxe bom, faz um pouco de Jiu-Jitsu também, utiliza bem o Wrestling. Sem dúvida, um grande desafio.

– Lições da derrota para o Joseph Benavidez

Eu fiz um grande trabalho para essa luta contra o Benavidez. Peguei a luta meio em cima, porque tinha acabado de enfrentar o Deiveson (Figueiredo). Acabou que eu tive alguns problemas antes da luta, porque eu estava com um corte na cabeça, tinha levado oito pontos, mas sem desculpas. Já revi a luta várias vezes e eu estava muito bem. O primeiro round foi muito parelho, eu acho que estava até um pouco à frente, mas durante a luta eu acabei errando, coisa que não pode acontecer, e acabei sendo nocauteado. A lição é exatamente evitar ao máximo cometer erros. Ele teve os méritos dele e acabou saindo vitorioso.

– Situação da categoria peso mosca atualmente

Eu já esperava que ia chegar o momento em que o Cejudo fosse optar por uma categoria, nesse caso foi a dos galos. Foi bom, porque evita que as divisões, tanto a dos galos quanto a dos moscas, fiquem travadas. A categoria dos moscas agora vai andar, novos lutadores vão surgir e a divisão vai ficar mais competitiva. Tem o Deiveson, o Benavidez, eu, o Pantoja, o Brandon Moreno, tem muita gente boa para lutar e tornar a categoria atrativa. Vamos mostrar a todos que os pesos-moscas podem oferecer grandes lutas aos fãs.

– Disputa de cinturão em caso de uma vitória

Vamos ver o que vai acontecer. Eu tenho minha luta contra o Brandon Moreno, temos que pensar em cada passo de forma cautelosa. A expectativa é sair vencedor, e saindo vencedor, eu espero por uma luta pelo cinturão, sim. Já venci o Deiveson no ano passado e estou no Top 3 da categoria, enfrentando o quinto colocado. Nada mais justo de que o vencedor dessa luta de sábado seja colocado para disputar o cinturão.

CARD COMPLETO: 

UFC Fight Night 170
Ginásio Nilson Nelson, em Brasília (DF)

Sábado, 14 de março de 2020

Card principal
Peso-leve: Kevin Lee x Charles do Bronx
Peso-meio-médio: Demian Maia x Gilbert Durinho
Peso-meio-pesado: Johnny Walker x Nikita Krylov
Peso-leve: Renato Moicano x Damir Hadzovic
Peso-palha: Amanda Ribas x Randa Markos

Card preliminar
Peso-meio-médio: Elizeu Capoeira x Alexey Kunchenk
Peso-mosca: Jussier Formiga x Brandon Moreno
Peso-galo: Veronica Macedo x Bea Malecki
Peso-galo: Rani Yahya x Enrique Barzola
Peso-leve: Francisco Massaranduba x John Makdessi
Peso-mosca: Bruno Bulldoguinho x David Dvorak
Peso-mosca: Maryna Moroz x Mayra Sheetara

* Por Mateus Machado

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade