Leandro Higo tem adversário alterado de última hora no Bellator 241, mas minimiza mudança: ‘Vou para fazer o meu jogo’

Publicado em 11/03/2020 por: Mateus Machado
Leandro Higo tem adversário alterado de última hora no Bellator 241, mas minimiza mudança: ‘Vou para fazer o meu jogo’ Leandro Higo sobe de peso e vai entrar em ação na categoria peso pena no Bellator 241 (Foto Bellator MMA)

publicidade

Os últimos dias de Leandro “Pitbull” Higo foram de muita expectativa. Com luta marcada há mais de dois meses para o Bellator 241, que acontece nesta sexta-feira (13) em Connecticut, nos Estados Unidos, o potiguar quase ficou de fora do evento.

Na semana passada, o americano Johnny Campbell, que seria o seu adversário, sofreu uma lesão e precisou ser retirado do card. Rapidamente a organização passou a procurar um oponente para o brasileiro, mas encontrou bastante dificuldade em encontrar um adversário na categoria dos galos (61kg). O único a aceitar o combate foi o americano Dominic Mazzotta, mas a luta será na divisão peso pena (66kg).

“A partir da lesão do Campbell, o Bellator buscou alguns possíveis adversários, mas estava muito em cima e o evento não estava conseguindo ninguém. Até que eles me ofereceram o Dominic Mazzotta e eu aceitei. Ele vem de boas lutas, já possui quatro lutas na organização, com duas vitórias e duas derrotas. É um cara muito duro, com 15 vitórias e apenas três derrotas no currículo. Assim como eu, ele é um cara que vem da luta de chão. Eu luto na categoria até 61kg, mas aceitei esse duelo na categoria até 66kg pra não ficar sem luta. Me coloquei também no lugar da organização, porque sei que seria bem difícil arrumar um adversário da minha categoria faltando apenas uma semana para a realização do duelo”, explicou Higo.

A nova luta foi definida na semana passada, antes de Higo embarcar para os Estados Unidos. O duelo já vinha sendo negociado, mas o brasileiro só ficou tranquilo após a assinatura do contrato, que ocorreu na última quinta-feira (5). A troca em cima da hora de rival e também de categoria não vai permitir muitos ajustes no jogo de Higo, mas ele minimizou a situação e garantiu que está pronto para qualquer área.

“Ele vem da luta agarrada, assim como eu. Tem um bom nível na parte de grappling. Eu já assisti uma luta dele ao vivo, quando ele enfrentou o AJ McKee e foi nocauteado. Ele é um cara que luta nas duas divisões. É um adversário bom, com um cartel bom e eu estou bem motivado para esta luta. Vou fazer o meu jogo, o que eu treinei no meu camp. Passei uma temporada nos EUA melhorando o meu Wrestling e estou me sentindo mais confortável nessa área. Fui para ajudar o ‘Zumbi Coreano’ para a luta dele contra o Brian Ortega. O Ortega se lesionou e ele acabou enfrentando o Frankie Edgar. Mas treinei também com o Henry Cejudo lá e com o meu treinador Eric Albarracin. Assim que acabou essa temporada, eu voltei para Natal e dei um ênfase maior no Boxe com o Everton Lopes e treinei muito Jiu-Jitsu com o Vini Teixeira, meu professor na Pitbull Brothers. Estou com um jogo bem completo para essa luta”, disse o brasileiro.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade