De olho em recorde de vitórias no UFC, Maia muda de ideia sobre fim da carreira: ‘Desejo lutar a próxima e mais uma’

Publicado em 24/04/2020 por: Yago Redua
De olho em recorde de vitórias no UFC, Maia muda de ideia sobre fim da carreira: ‘Desejo lutar a próxima e mais uma’ Demian Maia quer alcançar o recorde de mais vitórias na história do UFC (Foto: Reprodução/Instagram)

publicidade

Um dos principais nomes do Brasil na história do Ultimate, Demian Maia, aos 42 anos, tinha afirmado após o revés para o compatriota Gilbert Durinho, em março deste ano, que gostaria de fazer mais uma luta e se aposentar. O desejo era encarar os também veteranos Donald Cerrone ou Diego Sanchez na despedida do octógono. Mas, ao que tudo indica, o objetivo do faixa-preta de Jiu-Jitsu mudou.

Em entrevista ao Canal Encarada, Demian afirmou que gostaria de mais alguns desafios: “Meu desejo é talvez fazer esta próxima luta e mais uma. Mas se (o próximo combate) for o último, não há problema algum. Eu estou realmente bem com isso. Acho que cumpri meu papel e estou feliz com o que fiz todos esses anos”, comentou.

Demian revelou que tem como meta se tornar o atleta com mais vitórias dentro do UFC. Atualmente, Cerrone, um dos seus alvos, aparece com 23 triunfos. O paulista vem logo em seguida com 22: “Eu estou uma vitória atrás do Cerrone, então, eu sei que vou empatar se eu ganhar mais uma, mas se eu vencer duas, posso superá-lo. Isso seria algo que me faz pensar sobre essa possibilidade (prolongar o contrato)”, concluiu.

Cerrone está escalado para o UFC 249, que está programado para o próximo dia 9. O adversário será o ex-campeão dos leves Anthony Pettis. Em janeiro, o “Cowboy” foi nocauteado por Conor McGregor.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade