As setes vitórias seguidas no UFC comprovam: Charles do Bronx vive o auge de sua carreira no MMA. Exaltado como um dos melhores grapplers que já pisaram no octógono da organização, o atleta da Chute Boxe/Diego Lima segue focado em conseguir uma disputa pelo cinturão dos leves. A vitória sobre Kevin Lee, no UFC Brasília, realizado no dia 7 do último mês, serviu como mais um degrau para alcançar o topo da divisão, que tem Khabib Nurmagomedov como grande campeão.

Consciente de seu valor dentro do evento, Charles pretende seguir exterminando recordes e se aproximando cada vez mais do título da sua divisão. Hoje, o brasileiro é o recordista de finalizações do UFC com 14 e, ao lado de Donald Cerrone, é o lutador com mais vitórias por interrupção (nocaute ou finalização).

“Estou muito feliz com a minha fase atual. Entrei no UFC para fazer boas coisas e ser reconhecido. Me sinto honrado e pretendo seguir quebrando marcas na franquia”, disse ele, que está a uma vitória de igualar Anderson Silva (8) com a maior sequência de vitória seguidas por interrupção na era moderna do UFC.

Com a indefinição da luta entre Khabib Nurmagomedov e Tony Ferguson, o paulista tem em mente fazer mais um combate antes de pleitear uma chance pelo título, sem descartar uma revanche contra Cerrone.

“Lutar contra o Cerrone seria muito bom para mim. É um cara que merece o respeito de todos. Eu lutaria com ele, com certeza. Até mesmo porque ele já me derrotou há muitos anos (2011)”, concluiu Do Bronx.