Governador do Paraná autoriza reabertura das academias de artes marciais durante pandemia; saiba

Publicado em 26/04/2020 por: Yago Redua
Governador do Paraná autoriza reabertura das academias de artes marciais durante pandemia; saiba Todos de máscara, os líderes de academia se reuniram no Palácio Iguaçu, em Curitiba (Foto: Reprodução)

publicidade

O governador do Paraná, Ratinho Júnior, anunciou na última sexta-feira (24), que vai editar um decreto no começo desta semana autorizando o funcionamento de academias, templos religiosos e shopping em meio a pandemia do novo coronavírus. O estado paranaense registra cerca de 1200 casos confirmados e quase 70 mortes. Ao todo são aproximadamente 120 cidades afetadas pela Covid-19. No país já são 60 mil registros oficiais e mais de 4 mil óbitos.

Embora tenha autorizado a normatização desses estabelecimentos, o governador enfatizou a necessidade de manter o isolamento social. Além disso, garantiu que poderá recuar e suspender as atividades se for necessário.

Reunião com professores de artes marciais

Na última semana, aconteceu um encontro de líderes das principais academias de artes marciais do Paraná no Palácio Iguaçu, em Curitiba, com o secretário da Casa Civil, Júlio Silva. Presente na reunião, o Deputado Estadual Alexandre Amaro comentou sobre a proposta de reabrir as academias, mas seguindo as orientações de prevenção ao vírus.

“Júlio Silva, na Casa Civil, nos atendeu muito bem. Estive na presença de Grandes Mestres e Mestre, cito o nome de Rudimar Fedrigo, Edinei Pedroso, Pimpolho, Nika, Madureira, Luiz Fernando, Cícero e várias lideranças para as reivindicações das academias (de artes marciais). Não queremos abrir de forma indiscriminada, não. Vamos medir a temperatura e obedecer todas as medidas da nossa Secretaria de Saúde e a OMS (Organização Mundial da Saúde) para que tudo vá bem”, apontou.

Única mulher no encontro, Nika Schwinden, professora e faixa-preta da Gracie Barra em Curitiba, comentou sobre  a reunião: “O encontro foi muito positivo, acredito que a reabertura se faz necessária para a sobrevivência de muitas dessas escolas e academias. Sempre seguindo todos os protocolos de segurança para que isso se torne possível. Precisamos equilibrar economia e saúde da melhor maneira, para que assim, aos poucos, possamos contornar essa situação”, disse.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade