Khabib desabafa, cita pressão e descarta lutar no UFC 249; Ferguson pede que russo seja ‘destituído’ do título

Publicado em 02/04/2020 por: Mateus Machado
Khabib desabafa, cita pressão e descarta lutar no UFC 249; Ferguson pede que russo seja ‘destituído’ do título Ao que tudo indica, duelo entre Khabib e Ferguson será adiado pela quinta vez (Foto divulgação)

publicidade

Poucos dias depois de revelar que estava no Daguestão, na Rússia, e que não conseguiria sair do país por conta das medidas adotadas pelas autoridades locais para evitar a disseminação do coronavírus, sendo uma delas o fechamento de fronteiras com outros países, Khabib Nurmagomedov deu mais um forte indício de que sua luta contra Tony Ferguson, marcada para o dia 18 de abril, pelo UFC 249, será adiada pela quinta vez na história.

Através de suas redes sociais, o atual campeão peso-leve do Ultimate lamentou o fato de não poder, mais uma vez, enfrentar o americano, descartando qualquer possibilidade de enfrentá-lo na data agendada inicialmente. O russo também aproveitou para criticar a pressão que vem recebendo para lutar contra Ferguson, em um momento onde as atenções no mundo devem estar voltadas ao combate do coronavírus.

“Estou em casa de quarentena e lendo a reação das pessoas sobre a situação da minha luta, enquanto todo o mundo deveria estar de quarentena, governos de todos os países, pessoas famosas em todo o mundo pedindo para que sigam os requisitos de segurança para limitar a propagação da doença, para salvar as pessoas, e Khabib é o único livre de todas essas obrigações e tem que demonstrar que está livre para treinar e voar por todo o mundo por causa de uma luta?”, escreveu o campeão peso-leve, completando:

“Eu entendo tudo e estou definitivamente chateado, mais do que vocês, por cancelar a luta, provavelmente como todo os outros. Eu tinha muitos planos depois da luta, mas não posso controlar tudo. Os maiores países do mundo estão chocados com o que está acontecendo, todos os dias a situação muda de forma imprevisível. Mas Khabib ainda tem que lutar, é isso que vocês estão dizendo? Coloquem-se no meu lugar”.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Staying home in quarantine and reading the reaction of people to the situation around my fight, it turns out that the whole world should be in quarantine, governments of all countries, famous people around the world urge people to follow all safety requirements in order to limit the spread of the disease, to save people, and Khabib is the only one relieved of all obligations and must demonstrate free will and train flying around the world, for the sake of fight? – I understand everything and I’m definitely upset more than you to cancel the fight, probably like all others, I had many plans after the fight, but I can’t control it all. The greatest countries and the largest companies of our time are shocked by what is happening, every day the situation changes unpredictably. But Khabib still has to fight, is that what you saying? – Take care of yourself and put yourself in my shoes. – 📍 Сижу дома на карантине и читаю реакцию людей на ситуацию вокруг моего боя, получается весь мир должен сидеть на карантине, правительства всех стран и известные люди всего мира призывают людей соблюдать требования безопасности, чтоб ограничить распространение болезни ради спасения людей, а Хабиб, освобождён от всех обязательств и должен демонстрировать свободу воли и тренироваться летая по всему миру рискуя своей жизнью ради боя ? – Я все понимаю и точно не меньше вас расстроен отменой боя, наверно у меня , как и у всех других, было много планов после боя, но я не в силах контролировать все это. Сверх державы и крупнейшие компании нашего времени в шоке от того, что происходит, каждый день ситуация меняется непредсказуемо. Но Хабиб все равно должен драться, так получается? – Берегите себя и поставьте себя на мое место.

Uma publicação compartilhada por Khabib Nurmagomedov (@khabib_nurmagomedov) em

Ferguson pede que UFC destitua Khabib do título 

A resposta de Tony Ferguson veio de forma rápida e repleta de provocações. Na última quarta-feira (1), após tomar conhecimento da declaração de Khabib em respeitar o pedido de quarentena e não lutar no UFC 249, o americano, primeiro no ranking peso-leve e embalado por uma incrível série de 12 vitórias consecutivas, fez duras críticas ao russo, pedindo, inclusive, para que o UFC retire ele do posto de campeão da categoria.

“O cara não quer lutar. Ele está com medo, está fugindo… Ele deveria ser destituído do título. Ele sabia o que podia fazer para salvar o card (UFC 249) e não quis assumir nenhum risco. Todo mundo está assumindo riscos para isso. Ele caiu fora. É difícil de explicar, mas é isso”, disparou Ferguson em entrevista à ESPN.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade