Publicidade
Principal Jiu-Jitsu Wanderlei Silva e Ricardo Arona: reveja a revanche no PRIDE

Wanderlei Silva e Ricardo Arona: reveja a revanche no PRIDE

0
7
Ricardo Arona contra Wanderlei Silva no PRIDE
Publicidade

O ano de 2005 ficou marcado pelos embates envolvendo os lendários Wanderlei Silva e Ricardo Arona no extinto PRIDE, organização japonesa que promoveu grandiosos combates ao longo de sua história nas artes marciais. O primeiro encontro entre as duas feras brasileiras aconteceu em agosto daquele ano, com vitória do “Tigre” por decisão unânime dos jurados, em um embate que já havia sido bem disputado. A organização japonesa, então, promoveu a revanche entre os compatriotas no último dia de dezembro, já sabendo que outro confronto de alto nível estava por vir.

Ainda em 2005, Ricardo Arona havia sido derrotado por Maurício Shogun por nocaute ainda no primeiro round de luta, e voltou a ser derrotado, desta vez por Wanderlei Silva, que após uma intensa batalha, que durou quase 30 minutos, saiu vencedor por decisão dividida dos árbitros. Na ocasião, além de Wanderlei Silva e Ricardo Arona, o card ainda contou com outros grandes nomes que, tempos depois, se consolidaram de vez no MMA, como Mark Hunt, Mirko Cro Cop, Takanori Gomi, Hayato Sakurai, Dan Henderson, Murilo Bustamante e Fedor Emelianenko em ação.

Atualmente com 43 anos de idade, Wanderlei Silva não luta no MMA profissional desde setembro de 2018, quando foi nocauteado pelo americano Quinton “Rampage” Jackson – outro grande rival do brasileiro – no segundo round, em luta válida pelo Bellator 206. Em sua extensa carreira no MMA, o “Cachorro Louco” contabilizou 35 vitórias e sofreu 14 derrotas. Dois anos mais novo em relação a Wanderlei, Ricardo Arona deixou o esporte mais cedo, em setembro de 2009, quando superou Marvin Eastman em duelo válido pelo evento Bitetti Combat 4. Em sua trajetória nas artes marciais mistas, o “Tigre” somou 14 triunfos e foi derrotado em cinco oportunidades, para nomes como Fedor Emelianenko, Rampage Jackson, Maurício Shogun, entre outros. Entre seus maiores triunfos, algumas “vítimas” foram Dan Henderson, Murilo Rua, Dean Lister, Kazushi Sakuraba, Wanderlei Silva e Alistair Overeem.

Reveja o confronto na íntegra: 

Publicidade

SEM COMENTÁRIOS

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui