Por conta do Covid-19, Bellator anuncia o adiamento das suas três edições programadas para maio; veja os detalhes

Publicado em 01/04/2020 por: Yago Redua
Por conta do Covid-19, Bellator anuncia o adiamento das suas três edições programadas para maio; veja os detalhes Bellator estuda retorno dos eventos para o fim deste mês (Foto Bellator MMA)

publicidade

Ao contrário do UFC que tenta, a todo custo, realizar sua edição 249 no próximo dia 18, o Bellator segue por um caminho diferente por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A organização liderada por Scott Coker anunciou em um comunicado à imprensa que os três eventos que seriam realizados em maio estão adiados.

As edições 242 (9/5, na Califórnia), Londres (16/5) e 243 (29/5, na Califórnia) sofreram impacto por causa da crise sanitária global. Em um trecho do comunicado, o Bellator garantiu que a prioridade neste momento é preservar a saúde dos envolvidos e que as pessoas que compraram os ingressos serão ressarcidas.

“A organização vai continuar a monitorar a situação de perto e pretende remarcar os eventos o mais breve possível. Como sempre, a saúde e segurança de nossos atletas, fãs, parceiros e equipe permanecem nossa maior prioridade. Nós agradecemos a compreensão e paciência de todos envolvidos durante esse período incrivelmente difícil”, apontou a franquia, que foi uma das primeiras a cancelar seus eventos.

O aguardado Bellator 242 teria duas disputas de cinturão. Ryan Bader iria defender o posto de campeão dos meio-pesados contra Vadim Nemkov. Já o brasileiro Douglas Lima, campeão dos meio-médios, iria disputar o título vago dos médios contra o ex-campeão Gegard Mousasi. Vale lembrar que no último mês de março, o Bellator 241 foi cancelado poucas horas antes do seu início. A edição chegou a ser confirmada sem a presença do público, mas acabou não sendo realizada após decisão final do presidente Scott Coker.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade