Dominick Cruz critica interrupção de árbitro em luta contra Henry Cejudo e acusa: ‘Ele cheirava a álcool e cigarros’

Publicado em 10/05/2020 por: Mateus Machado
Dominick Cruz critica interrupção de árbitro em luta contra Henry Cejudo e acusa: ‘Ele cheirava a álcool e cigarros’ Dominick Cruz fez duras críticas e acusação ao árbitro central Keith Peterson (Foto: Reprodução/UFC)

publicidade

Uma grande polêmica marcou a noite de lutas do UFC 249, realizado no último sábado (9), em Jacksonville, na Flórida (EUA). No co-main event da edição, Henry Cejudo e Dominick Cruz se enfrentavam e o cinturão peso-galo estava em jogo. Nos segundos finais do segundo round, Cejudo acertou um chute alto que derrubou Dominick. O campeão, então, partiu para os golpes no ground and pound e antes do apito final da parcial, o árbitro central, Keith Peterson, interrompeu o confronto, declarando Henry vencedor por nocaute técnico.

* Gaethje dá show e fatura cinturão interino dos leves; Cejudo anuncia aposentadoria após vitória
* Card preliminar tem vitória de Pettis sobre Cerrone; Werdum é derrotado e Luque supera Price

Muitos fãs de MMA, através das redes sociais, consideraram que a interrupção do árbitro foi prematura. O mesmo foi reforçado por Cruz, que voltou a lutar profissionalmente após mais de três anos afastado do octógono. Em entrevista à ESPN americana, o ex-campeão peso-galo disse que não estava nocauteado e que tentava ficar em pé enquanto recebia os golpes de Cejudo. Além disso, fez duras críticas a Peterson, revelando, inclusive, que o árbitro cheirava a “álcool e cigarros” no momento da luta.

* Após Cejudo anunciar aposentadoria, Dana confirma primeiro desafiante a título vago dos galos

“Foi uma interrupção prematura, com certeza. Sei disso. Eu gostaria que tivesse uma maneira de manter esses árbitros um pouco mais responsáveis. Esse cara cheirava álcool e cigarros, então sabe-se lá o que ele estava fazendo”, disparou Dominick, que seguiu com seu relato na sequência.

“Gostaria que eles fizessem exames de drogas neles. Sei que o Herb Dean é bom, ele é um dos melhores. Imediatamente que vi o outro árbitro pensei: ‘Cara, tem alguma maneira de vetar e pedir por um outro?’ Gostaria mesmo disso”, encerrou.

RESULTADOS COMPLETOS: 

UFC 249
Jacksonville, na Flórida (EUA)
Sábado, 09 de maio de 2020

Card principal
Justin Gaethje derrotou Tony Ferguson por nocaute técnico no 5R
Henry Cejudo derrotou Dominick Cruz por nocaute técnico no 2R
Francis Ngannou derrotou Jairzinho Rozenstruik por nocaute no 1R
Calvin Kattar derrotou Jeremy Stephens por nocaute técnico no 2R
Greg Hardy derrotou Yorgan De Castro por decisão unânime dos jurados

Card preliminar
Anthony Pettis derrotou Donald Cerrone por decisão unânime dos jurados
Alexey Oleynik derrotou Fabrício Werdum por decisão dividida dos jurados
Carla Esparza derrotou Michelle Waterson por decisão dividida dos jurados
Vicente Luque derrotou Niko Price por nocaute técnico (interrupção médica) no 3R
Bryce Mitchell derrotou Charles Rosa por decisão unânime dos jurados
Ryan Spann derrotou Sam Alvey por decisão unânime dos jurados

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade