Em busca de ser o futuro do Brasil no peso pesado do UFC, Augusto Sakai analisa luta contra Ivanov: ‘Estou pronto pra vencer’

Publicado em 30/05/2020 por: Diogo Santarém
Em busca de ser o futuro do Brasil no peso pesado do UFC, Augusto Sakai analisa luta contra Ivanov: ‘Estou pronto pra vencer’ Augusto Sakai já está em Las Vegas para sua luta, no próximo sábado, dia 30 (Foto reprodução Instagram)

publicidade

* Atualmente na 13ª colocação do ranking peso-pesado do UFC e embalado por três vitórias seguidas na organização, o brasileiro Augusto Sakai terá uma grande chance para entrar no Top 10 dos melhores atletas da divisão no próximo sábado (30), quando vai enfrentar o búlgaro Blagoy Ivanov – 12º colocado – no co-main event do UFC on ESPN 9, em Las Vegas, Estados Unidos.

O duelo estava inicialmente marcado para acontecer no UFC 250, programado para o dia 9 de maio, em São Paulo, mas que acabou sendo adiado por conta da pandemia do novo coronavírus – o card agora vai ocorrer no dia 6 de junho, em Las Vegas. Em entrevista à TATAME, Sakai falou sobre o período de incerteza até a definição do seu combate contra Ivanov e se disse confiante em conquistar a quarta vitória consecutiva.

“Foi estranho, mas acho que todo mundo está vivendo essa incerteza. De qualquer forma, eu procurei me manter treinado depois do primeiro cancelamento, porque eu sabia que o UFC queria voltar, e como eu já tinha luta marcada, poderia ser um dos primeiros a lutar. Então, segui ativo e na esperança de ser escalado em um dos primeiros cards”, contou o peso-pesado, que fará sua luta mais importante na organização.

“Eu estou muito feliz e tranquilo. Quando eu recebi a notícia (de que seria o co-main event), comecei a repensar em toda a minha carreira, passa aquele filme na sua cabeça, tudo o que eu vivi para chegar até aqui. É uma grande oportunidade. O Ivanov é um cara que também está querendo entrar no Top 10 do ranking, então tenho certeza de que será uma guerra entre a gente, mas no fim a vitória vai ser minha”.

Adversário do brasileiro, Blagoy chega para o embate em busca de recuperação após perder por decisão dividida para Derrick Lewis, em novembro. Porém, apesar do revés, Sakai sabe das dificuldades que terá.

“Assisti algumas lutas dele, sim. Na verdade, já o acompanhava desde que ele estreou no UFC. É um cara duro, que acredita muito na mão dele, tem um bom jogo de grande, mas eu estou pronto para entrar lá e vencer. Acredito que uma vitória já me deixe no Top 10, ou então eu fico bem próximo. Degrau por degrau, vou chegando lá. Depois do Top 10, no Top 5, e assim por diante, sempre seguindo”, projetou o lutador.

Augusto, por sinal, vai ser o primeiro brasileiro que não mora nos Estados Unidos a lutar no país desde o início da pandemia do novo coronavírus, quando os vistos foram suspensos. O lutador disse que conseguiu um visto de emergência e “graças a Deus deu tudo certo”. Sobre atuar com os portões fechados, ele falou:

“Como sou cria do ‘Contender Series’, onde as lutas já eram mais ou menos assim, estou pronto para viver isso de novo, mas com certeza não ter o público ali é diferente. Mas no final, com ou sem público, o bom é lutar”, afirmou Sakai, que aos 29 anos, representa a “nova geração” de brasileiros no peso pesado do UFC.

“Acredito que, apesar de 30 anos, sou sim uma revelação. Se for olhar a idade do restante da categoria, a maioria dos caras são mais velhos, então com certeza eu posso ser esse novo cara do Brasil, quem sabe um novo ídolo. É isso que eu venho buscando”, encerrou o curitibano a respeito dos seus planos para o futuro.

CARD COMPLETO:

UFC on ESPN 9
UFC Apex, em Las Vegas (EUA)
Sábado, 30 de maio de 2020

Card principal
Peso-meio-médio: Tyron Woodley x Gilbert Durinho
Peso-pesado: Augusto Sakai x Blagoy Ivanov
Peso-casado (até 68kg): Billy Quarantillo x Spike Carlyle
Peso-leve: Roosevelt Roberts x Brok Weaver
Peso-palha: Mackenzie Dern x Hannah Cifers

Card preliminar
Peso-mosca: Katlyn Chookagian x Antonina Shevchenko
Peso-meio-médio: Daniel Rodriguez x Gabriel Green
Peso-meio-pesado: Klidson Abreu x Jamahal Hill
Peso-mosca: Tim Elliott x Brandon Royval
Peso-galo: Casey Kenney x Louis Smolka
Peso-galo: Chris Gutierrez x Vince Morales

* Por Diogo Santarém

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade