‘Meus dentes estão caindo’: atletas elogiam resistência de Anthony Smith, mas técnicos do lutador são criticados

Publicado em 14/05/2020 por: Yago Redua
‘Meus dentes estão caindo’: atletas elogiam resistência de Anthony Smith, mas técnicos do lutador são criticados Anthony Smith falou que o treinador da sua equipe que jogar a toalha, está demitido (Foto reprodução)

publicidade

Durante praticamente quatro rounds da luta principal do UFC Fight Night 171, realizado na noite da última quarta-feira (13), em Jacksonville, na Flórida (EUA), Anthony Smith sofreu nas mãos de Glover Teixeira. O brasileiro impôs seu jogo a partir do segundo assalto e literalmente “amassou” o norte-americano, que fez jus ao apelido de “Coração de Leão”, mas acabou superado por nocaute técnico no quinto round.

Entre um assalto e outro, “Lionheart”, já bastante machucado pelos golpes na cabeça, contou ao seu técnico, Marc Montoya: “Meus dentes estão caindo”. A cena (veja abaixo) chamou atenção principalmente após o lutador entregar um dente para o árbitro central Jason Herzog enquanto apanhava de Glover. Porém, segundo o treinador revelou à ESPN, as quedas se devem ao fato do meio-pesado usar próteses dentárias.

Nas redes sociais, lutadores e fãs de MMA que acompanhavam o card tiveram reações distintas quanto ao massacre de Glover. Enquanto alguns optaram por exaltar a bravura de Anthony Smith, outros dispararam críticas contra o árbitro central e os técnicos do americano por não terem interrompido o combate antes.

Indagado pela ESPN após o confronto sobre não ter “jogado a tolha”, Marc Montoya afirmou que Smith “estava na luta”, que ele é um atleta “experiente” e que poderia ter uma virada na disputa contra Glover.

Confira abaixo algumas declarações:

“Que guerreiro o Smith é. Todo respeito a ele”, Junior Cigano

“Smith, Coração de Leão cabe bem para você”, Dominick Reyes

“Anthony Smith merece o seu apelido (Coração de Leão)”, Francis Ngannou

“Anthony Smith tem um coração de leão. Um verdadeiro escudo de guerreiro. Muito feliz de poder chamá-lo de amigo/irmão”, Megan Anderson

“Eu teria parado essa luta, os treinadores tinham que ter salvado o lutador deles”, Daniel Cormier

“Anthony Smith está longe de ser um fujão, mas seus treinadores tinham que reconhecer que ele estava acabado”, Gerald Harris

“Já era hora. Muito estrago desnecessário”, Randa Markos

“Nunca fiquei tão aliviada de uma luta acabar”, Tatiana Suarez

“Essa luta deveria ter acabado há 3 anos”, Dillon Danis

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade