Voltar ou não voltar? Em enquete realizada nas redes sociais da TATAME, 64% dos fãs são contra reabertura das academias; saiba

Publicado em 15/05/2020 por: Diogo Santarém
Voltar ou não voltar? Em enquete realizada nas redes sociais da TATAME, 64% dos fãs são contra reabertura das academias; saiba Votação em enquete mostrou maioria contra a reabertura das academias (Foto Lineu Filho / Tribuna)

publicidade

Um grande debate sobre a reabertura – ou não – das academias de artes marciais ao redor do Brasil vem tendo destaque nas redes sociais e, na última segunda-feira (11), ganhou mais um capítulo quando Jair Bolsonaro, presidente da República, assinou um decreto inserindo as academias na lista de “serviços essenciais”.

Na contramão de Bolsonaro, governadores de 18 estados e do DF se posicionaram contra o decreto, com a decisão final sobre políticas de saúde durante a pandemia do coronavírus a cargo dos estados e municípios.

Em meio ao “disse me disse”, quem está certo nessa história? Para entender melhor a opinião da comunidade do Jiu-Jitsu e outras artes marciais, a TATAME lançou uma enquete nas suas redes sociais: você é a favor ou contra a reabertura das academias durante a pandemia? Foram 216 votos computados (somando Instagram e Twitter), com 79 deles favoráveis à reabertura e 137 contra (aproximadamente 64%).

LEIA A TATAME #261 ONLINE, AQUI

Além da enquete, preparamos também uma edição digital exclusiva sobre o tema, a TATAME #261, trazendo entrevistas, dados e as últimas notícias referente ao processo de volta das atividades no Brasil.

Abaixo, veja algumas opiniões publicadas na enquete:

“Sou a favor da reabertura pois as pessoas precisam trabalhar, mas sei que isso irá ampliar a contaminação, e não adianta dizer que com medidas de higiene é possível controlar porque a maioria das academias de Jiu-Jitsu tem problemas de higiene básica. Mas seja o que Deus quiser, essas pessoas precisam trabalhar”, Lucas Simões (Instagram)

“Eu acho que as academias devem reabrir, pois tem muito pai de família que depende desse dinheiro para sobreviver. Quem não se sentir seguro ou confortável para voltar, não vá. Eu não estou indo, por cautela, mas não posso tirar o ganha pão do outro”, Helton Jum Kikuti (Twitter)

“Ainda não é o momento. Só vão perceber que é sério quando um familiar falecer. Tudo bem que os professores precisam da academia aberta, mas e as vidas, ficam como? Só vamos dar realmente valor à vida quando ver quem realmente amamos perder ela”, Alexandre Silva (Instagram)

“Sim, claro que devem reabrir. O esporte é essencial para manter a saúde do indivíduo, basta se precaver e seguir as recomendações”, Rastelle (Instagram)

“Contra! Respeitem a ciência, os profissionais de saúde e quem está segurando a barra. Todos precisamos de grana e trabalhar, treinar, mas principalmente aprender o que significa coletividade e viver em sociedade, além de uma coisa chamada empatia”, Marcelo Dourado (Instagram)

“Sou contra o retorno no momento, pois trabalho como motorista da saúde e não posso colocar em risco as crianças pras quais dou aula. Precisamos pensar no próximo”, Laerte Barbosa (Facebook)

“Embora eu esteja diretamente interessada na reabertura das academias, creio que seja melhor esperar mais um pouco. Enquanto isso vamos tentando sobreviver, nos reinventando e buscando novas condições de ganhar nosso pão”, Renata Shera (Instagram)

“Sou a favor. Fica a critério de cada uma se vai ou não treinar, a liberação não quer dizer que é uma obrigação treinar, e sim uma opção de cada um”, Moises Luiz da Rocha (Instagram)

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade