Adesanya lidera protesto contra racismo na Nova Zelândia e dispara: ‘Cansado de ver esses rostos serem mortos’; veja

Publicado em 02/06/2020 por: Mateus Machado
Adesanya lidera protesto contra racismo na Nova Zelândia e dispara: ‘Cansado de ver esses rostos serem mortos’; veja Israel Adesanya protestou de forma contundente contra os constantes atos de racismo (Foto: Reprodução/Twitter)

publicidade

A revolta em torno da morte de George Floyd, cidadão negro que foi asfixiado por um policial branco em Minneapolis (EUA) não atingiu somente os Estados Unidos, que há cerca de uma semana vem sendo alvo de protestos em diversas cidades. Na Nova Zelândia, a população se reuniu nas ruas para protestar contra o racismo e a ação de policiais contra negros. Uma das pessoas presentes no ato foi Israel Adesanya, atual campeão peso-médio do Ultimate, que é nascido na Nigéria, mas foi radicado na Oceania.

* Jon Jones ‘encara’ protestos nos EUA, retira spray de manifestantes e desabafa sobre vandalismo

O lutador fez questão de liderar o protesto “Black Lives Matter” (“Vidas Negras Importam”), realizado em Auckland, cidade neozelandesa, e fez um importante desabafo a respeito do racismo que sofre no país. Vale ressaltar que somente 1,5% da população do país se identifica como africana, da América Latina ou do Oriente Médio.

“Quantos de vocês entram em uma loja e precisam colocar as mãos nas costas para não acharem que você está roubando? Quantos de vocês andam na rua e precisam sorrir para que a pessoa que você já vê que está com medo de você se sinta confortável? Acabei de me mudar e moro na cobertura. Por três vezes, já vi pessoas brancas racistas saltarem ao me verem no elevador, e sorrio para eles e dou passagem para que não tenham medo ao me ver. Por quê? Porque sou negro. Só porque sou negro. O que eu fiz? Não tive escolha. Mas se tivesse, ainda assim seria negro”, disse Adesanya, que afirmou ainda estar “cansado e enjoado” pelos constantes atos de racismo espalhados pelo mundo.

“Precisamos que falem alto. Precisam dizer alguma coisa, porque estou cansado e enjoado de ver esses rostos serem mortos, porque eu me vejo neles! O tempo todo, e é de partir o coração. Estou p*** da vida. Nós acabamos com a curva da Covid, certo? Eles querem militarizar a polícia da Nova Zelândia. Vamos acabar com isso logo”.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade