Amanda fala em aposentadoria e projeta futuro como treinadora: ‘Já conquistei tudo que eu queria’

Publicado em 15/06/2020 por: Mateus Machado
Amanda fala em aposentadoria e projeta futuro como treinadora: ‘Já conquistei tudo que eu queria’ Amanda Nunes falou sobre a possibilidade de se aposentar do MMA em breve (Foto reprodução Instagram)

publicidade

Com uma carreira consolidada no MMA, sendo considerada um dos grandes nomes do esporte, Amanda Nunes é a atual campeã peso-galo e peso-pena do UFC e, no último dia 6 de junho, se tornou a primeira atleta da história da organização a defender com sucesso dois títulos simultaneamente ao derrotar Felicia Spencer por decisão unânime na luta principal do UFC 250. Em entrevista depois do evento, a brasileira deixou bem claro que, com o triunfo diante da canadense, estava “fechando um ciclo”, ressaltando ser a melhor lutadora de todos os tempos no MMA feminino.

Em meio aos questionamentos sobre o futuro da sua carreira, a “Leoa” deu um indício do que virá pela frente em entrevista ao programa “Esporte Espetacular”, da TV Globo. A baiana falou mais abertamente sobre uma possível aposentadoria do MMA e, mesmo que ainda não tenha tomado uma decisão definitiva, deixou bem claro que pretende aproveitar mais seus momentos fora do mundo da luta.

“Estou ficando velha (risos). Já conquistei tudo o que eu queria. Na verdade, não tem o que fazer agora na categoria. O UFC vai colocar umas lutas aí, as meninas vão ter que lutar para chegar no topo e poderem me enfrentar. Eu estou, realmente, pensando nisso (aposentadoria do MMA), mas não quero meter os pés pelas mãos. Vou conversar com o Conan (Silveira, seu treinador) ainda e com o Dan (Lambert, dono da American Top Team). Mas eu estou bem, sabe? Estou bem para lutar, para me aposentar. Já estou chegando naquele momento em que eu quero aproveitar um pouco mais. Quando viajo para o Brasil, eu tenho que viajar contando quando tenho que voltar. Eu quero poder ir e descansar, não ter essa preocupação de retornar. Ter que retornar pra cá (EUA) eu sei que tenho, mas não precisa ser na pressão, né?”, disse Amanda.

Com 32 anos de idade e um cartel de 20 vitórias e quatro derrotas no MMA profissional, Amanda Nunes também comentou a possibilidade de, no futuro, permanecer ligada ao meio da luta, mas exercendo outra função. Vale ressaltar que a lutadora brasileira está esperando o nascimento da primeira filha, já que sua esposa, a também atleta do UFC Nina Ansaroff, está grávida da pequena Raegan Ann Nunes.

“Talvez uma nova etapa, achar novos talentos, ajudar umas meninas, e talvez ser treinadora também. Eu acho que posso ajudar muito as meninas e os meninos, mas com certeza, o foco vai ser mais em ajudar meninas a conseguirem chegar nos seus objetivos. Eu acredito que eu posso ajudar muito, até porque sei o que é que passa na cabeça do lutador, principalmente das mulheres”, concluiu a campeã dupla do UFC.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade