Campeã dupla, Amanda vai em busca de feito histórico no UFC 250; outros três brasileiros entram em ação

Publicado em 06/06/2020 por: Mateus Machado
Campeã dupla, Amanda vai em busca de feito histórico no UFC 250; outros três brasileiros entram em ação Protagonista do UFC 250, Amanda Nunes vai em busca de mais um feito histórico (Foto: Reprodução/YouTube)

publicidade

Quase um mês após realizar o UFC 249, edição que marcou a retomada das atividades da organização em meio à pandemia do Coronavírus, acontece neste sábado (6), em Las Vegas (EUA), o UFC 250, no UFC Apex, grande estrutura que pertence à companhia. Na luta principal, a campeã dupla Amanda Nunes colocará em jogo o seu título peso-pena diante de Felicia Spencer e terá a oportunidade de atingir mais um feito histórico, já que, em caso de vitória, se tornará a primeira lutadora da organização a defender o título com sucesso em duas categorias de peso diferentes.

No co-main event, pela divisão peso-galo, o experiente brasileiro Raphael Assunção vai em busca da reabilitação em confronto diante do ex-campeão Cody Garbrandt. Além disso, mais dois brasileiros entram em ação no card preliminar. Na divisão peso-mosca, Jussier Formiga encara Alex Perez, enquanto Herbert Burns, irmão de Gilbert Durinho, terá pela frente Evan Dunham em combate válido no peso casado de 68kg.

Amanda entra em ação e coloca título peso-pena em jogo

A luta principal do UFC 250 vai marcar a primeira vez que a campeã peso-galo e peso-pena do UFC Amanda Nunes (19-4-0) coloca o seu cinturão até 66kg à prova. A “Leoa” conquistou o seu segundo título na organização no final de 2018, quando nocauteou a então campeã Cris Cyborg. De lá para cá, Amanda ainda defendeu duas vezes o seu cinturão peso-galo – nocauteando Holly Holm e vencendo Germaine De Randamie por pontos.

“Eu vou conquistar mais esse feito e continuar fazendo história. É o que me move no esporte. Escolhi esse esporte e faço tudo com muito carinho e dedicação. E ele está me dando de volta tudo o que abri mão em prol dele. Com certeza, farei mais essa história”, disse a baiana, ao falar sobre a possibilidade de se tornar a primeira lutadora do UFC a defender dois títulos.

* Focada em ser a primeira a defender dois títulos, Amanda diz: ‘Quero seguir fazendo história’

A adversária da campeã neste sábado será a canadense Felicia Spencer (8-1-0), que estreou no UFC apenas em maio do ano passado. Ex-campeã do evento Invicta FC, Spencer vem de vitória por nocaute sobre Zarah Fairn, feito que a credenciou para se tornar a próxima desafiante ao reinado de Amanda.

Raphael Assunção busca reabilitação

Na luta co-principal da noite, dois atletas entram no ação em busca de reabilitação. O brasileiro Raphael Assunção (27-7-0), atual número cinco do peso-galo, enfrenta o americano Cody Garbrandt (11-3-0), nono da categoria. Assunção vem de duas derrotas seguidas, a última para Cory Sandhagen, por decisão, em agosto do ano passado. O pernambucano espera reencontrar o caminho das vitórias e voltar para a parte de cima do ranking. Do outro lado do octógono estará o adversário que pode lhe proporcionar isso.

Apesar de ter se mantido invicto por quatro anos, o ex-campeão Garbrandt não vence desde dezembro de 2016, quando derrotou Dominick Cruz e conquistou o título da divisão até 62kg. Desde então, sofreu três derrotas seguidas. Na mais recente, em março do ano passado, foi nocauteado por Pedro Munhoz.

Jussier Formiga volta ao cage do Ultimate

O potiguar Jussier Formiga (23-7-0) é mais um nome brasileiro que estará no UFC Apex neste sábado. Atual número quatro entre os moscas, o brasileiro volta a lutar menos de três meses depois da derrota para Brandon Moreno, no UFC Brasília, em março. Já o seu oponente, o americano Alex Perez (23-5-0), é o nono da categoria e vem de vitória sobre Jordan Espinosa.

* Formiga cita amizade com adversário, mas diz: ‘Quando entrar no cage, vamos deixar isso de lado’

Herbert Burns vai em busca de nova vitória

Contratado depois de participar da última temporada do Contender Series, Herbert Burns (10-2-0) abre o card do UFC 250. O niteroiense estreou no UFC em janeiro, quando nocauteou Nate Landwehr com uma joelhada no primeiro round. Irmão do peso-meio-médio Gilbert Durinho, Herbert tem dez vitórias na carreira e vem em uma sequência de quatro triunfos. Seu adversário será o veterano Evan Dunham (18-8-1). Apesar de toda a experiência, o americano não vence desde 2016.

* Inspirado pelo irmão, Herbert encara Dunham e diz: ‘Família Burns chegou pra fazer barulho’

 

Ver essa foto no Instagram

 

Primeira luta do #UFC250: @HerbertBurns 🇧🇷 enfrenta @EvanDunham155. Neste sábado (6), a partir de 19h20 no Canal Combate.

Uma publicação compartilhada por UFC (@ufc_brasil) em

CARD COMPLETO:

UFC 250
UFC Apex, em Las Vegas (EUA)
Sábado, 06 de junho de 2020

Card principal 
Amanda Nunes derrotou Felicia Spencer por decisão unânime dos jurados
Cody Garbrandt derrotou Raphael Assunção por nocaute no 2R
Aljamain Sterling finalizou Cory Sandhagen com um mata-leão no 1R
Neil Magny derrotou Anthony Rocco Martin por decisão unânime dos jurados
Sean O’Malley derrotou Eddie Wineland por nocaute no 1R

Card preliminar
Alex Caceres derrotou Chase Hooper por decisão unânime dos jurados
Ian Heinisch derrotou Gerald Meerschaert por nocaute técnico no 1R
Cody Stamann derrotou Brian Kelleher por decisão unânime dos jurados
Maki Pitolo derrotou Charles Byrd por nocaute técnico no 2R
Alex Perez derrotou Jussier Formiga por nocaute técnico no 1R
Devin Clark derrotou Alonzo Menifield por decisão unânime dos jurados
Herbert Burns finalizou Evan Dunham com um mata-leão no 1R

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade