Presidente do UFC analisa falta de reconhecimento para Amanda: ‘Acho que é porque ela é mulher’

Publicado em 14/06/2020 por: Yago Redua
Presidente do UFC analisa falta de reconhecimento para Amanda: ‘Acho que é porque ela é mulher’ Presidente do UFC, Dana Whitenão gostou da polêmica envolvendo o experiente árbitro Herb Dean (Foto reprodução YouTube)

publicidade

O sempre polêmico Jorge Masvidal era cotado para o ser o próximo desafiante de Kamaru Usman, campeão dos meio-médios. No entanto, as negociações e o pedido de bolsa de “Gamebred” com o UFC não evoluíram. Desta forma, Dana White, presidente da companhia, optou por escolher o brasileiro Gilbert Durinho, que vem de uma expressiva vitória sobre o ex-campeão Tyron Woodley, para lutar pelo título contra Usman no UFC 251, no dia 11 de julho.

Dana comentou que não foi surpresa a escolha do brasileiro e comparou Masvidal aos irmãos Nick e Nate Diaz: “As pessoas que querem lutar conseguem lutas, e as pessoas que não querem, não conseguem. E o Gilbert é o número 1 no ranking. Número um contra o campeão. Esse garoto quer se manter ativo. Esses garotos que aparecem e conseguem boas sequências de vitórias como Burns, e querem continuar lutando e permanecer ativos, eles estão saudáveis, é a coisa mais inteligente que eles podem fazer. E não me surpreende que o Masvidal… Masvidal é muito parecido com os irmãos Diaz. Ele faz as coisas do jeito que ele quer. Quando ele quer fazer algo, ele o faz. Isso não é muito surpreendente”, contou ao MMA Junkie.

Dana exalta Amanda e cobra mais reconhecimento

Considerada a maior lutadora de MMA de todos os tempos e campeã em duas categorias do Ultimate, Amanda Nunes teve mais uma grande performance no último dia 6, no UFC 250, contra Felicia Spencer. Após o evento, Dana disse acreditar que a “Leoa”, por ser mulher, não tem o devido reconhecimento.

“Eu acho que é porque ela é uma mulher, para ser honesto com você. Mas está ficando muito difícil agora para as pessoas não começarem a respeitá-la, especialmente depois dessa última performance. Quando ela lutou contra Germaine de Randamie, as pessoas falaram: ‘Oh, ela parecia humana nessa luta’. O que? Ela lutou contra a maior striker da história e ela ganhou a luta. O que vocês querem dessa mulher? E nessa última luta, contra uma incrivelmente dura Felicia Spencer, ela deu aula”, disse ao site TMZ Sports.

Dana afirmou que estuda a possibilidade de um duelo entre Amanda e a estrela do boxe Claressa Shields.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade