Dana White critica jogo amarrado de Curtis Blaydes após série de provocações contra Alexander Volkov e diz: ‘Pareceu idiota’

Publicado em 22/06/2020 por: Mateus Machado
Dana White critica jogo amarrado de Curtis Blaydes após série de provocações contra Alexander Volkov e diz: ‘Pareceu idiota’ Curtis Blaydes emplacou nova vitória, mas não ‘convenceu’ o patrão Dana White (Foto reprodução YouTube UFCBrasil)

publicidade

Terceiro colocado no ranking peso-pesado do Ultimate, Curtis Blaydes chegou à marca de quatro vitórias consecutivas na organização no último sábado (20), depois de derrotar Alexander Volkov por decisão unânime dos jurados na luta principal do UFC Vegas 3. No entanto, mesmo com o triunfo e a boa colocação na categoria, o americano não está entre os favoritos de Dana White quando o assunto é uma futura disputa de título nos 120kg.

Os pedidos do lutador americano por um aumento de salário e as provocações feitas nas últimas semanas a Volkov desagradaram o presidente do UFC. Em conversa com jornalistas depois do evento, o mandatário criticou a postura de Blaydes, deixando claro que sua performance “pouco empolgante” no combate de cinco rounds diante do russo não condiz com melhorias em seu contrato com a organização.

“Gosto do Curtis Blaydes, mas ele teve uma atitude equivocada. Não tenho nada contra ele, mas quando você fala esse monte de besteira (provocações a Volkov), é melhor você vir e chutar o traseiro de alguém. Quando você fala do jeito que ele falou e performa desse jeito (luta contra Alexander Volkov), você parece idiota. Ele cansou no final do terceiro round, conseguiu ir até o final do quinto e venceu. Com essa performance e com esse preparo físico, eu não ficaria esperando (por uma luta pelo título na divisão dos pesados) se fosse ele. Me manteria ativo e ocupado enquanto isso”, disparou o dirigente.

Dana volta a falar sobre possível aposentadoria de Amanda

Atual campeã peso-galo e peso-pena do Ultimate, Amanda Nunes, pouco depois de vencer Felicia Spencer na luta principal do UFC 250, realizado no início de junho, afirmou que pensaria a respeito do seu futuro no MMA, sem esconder a possibilidade de se aposentar do esporte. Ao tomar conhecimento da declaração da brasileira, Dana White mostrou-se surpreso e chegou a afirmar que “mataria” a “Leoa” caso isso se confirmasse. No entanto, passados alguns dias, o presidente do Ultimate adotou um tom mais controlado ao comentar sobre o tema em entrevista coletiva com jornalistas na última sexta-feira (19).

“Espero que ela não se aposente, ela é uma das minhas pessoas favoritas nesse mundo. E saindo de uma performance como a última que ela teve… Ela foi incrível, atuou de forma clínica contra uma das lutadoras mais duras que eu já vi na vida. E depois de uma performance como aquela eu odiaria pensar que ela quer se aposentar, mas se é verdade que ela está pensando realmente nisso, ela provavelmente deveria (se aposentar)”, afirmou Dana White, que ainda deu a entender que, caso Amanda Nunes realmente se aposente do MMA, a categoria peso pena feminino pode deixar de existir no UFC.

“Eu disse para os matchmakers outro dia para começar a criar a divisão dos penas para ela (Amanda Nunes). Vamos fazer isso, vamos começar, assinem com mais meninas e vamos ampliar a categoria. E agora a minha garota está falando sobre aposentadoria. Então aparentemente precisamos conversar para estarmos na mesma página. Eu amo essa menina. Estou, sim (planejando falar com ela logo). Eu quero dar à ela um tempo, o bebê (filha de Amanda com a também lutadora Nina Ansaroff) está chegando, ela tem muitas coisas legais acontecendo agora na vida dela. Eu acho que ela está em um momento da vida em que está começando a curtir e aproveitar, e tudo isso muda quando você tem bastante dinheiro”, analisou.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade