Depois de Anderson Silva, Rafael dos Anjos lança desafio ao ‘recém-aposentado’ Conor McGregor: ‘Vamos fazer isso acontecer’

Publicado em 15/06/2020 por: Mateus Machado
Depois de Anderson Silva, Rafael dos Anjos lança desafio ao ‘recém-aposentado’ Conor McGregor: ‘Vamos fazer isso acontecer’ Ex-campeão peso-leve, Rafael dos Anjos lançou desafio ao irlandês Conor McGregor (Foto reprodução YouTube)

publicidade

Dias após anunciar sua aposentadoria do MMA pela terceira vez, Conor McGregor segue recebendo desafios de diversos lutadores do Ultimate. Inicialmente, Anderson Silva, através das redes sociais, convidou o irlandês para uma superluta em peso-casado (até 80kg). O ex-campeão peso-pena e leve do UFC teve como primeira reação aceitar o duelo, mas depois, já tendo anunciado seu afastamento do esporte, deu a entender que não toparia um combate diante do ex-detentor do cinturão peso-médio. Agora, foi a vez de outro brasileiro se mostrar disposto a encarar “The Notorious”.

Trata-se de Rafael dos Anjos, que não luta desde janeiro, quando foi derrotado por Michael Chiesa na decisão unânime. Através de suas redes sociais, o ex-campeão peso-leve do UFC provocou McGregor e voltou a desafiá-lo: “Chega de ‘se’. Vamos fazer isso acontecer”, escreveu Dos Anjos, colocando a foto de sua encarada com Conor, em coletiva de imprensa realizada em 2016. Logo depois, em nova publicação em sua conta oficial no Twitter, Rafael disse: “Tragam ‘El Chapo’ de volta e vamos resolver isso”, afirmou, se referindo à vestimenta do irlandês na foto, em alusão ao traficante internacional Joaquín “El Chapo” Guzmán.

Dos Anjos e Conor McGregor estiveram muito próximos de se enfrentar em 2016. Na época, o brasileiro era campeão peso-leve do UFC e o irlandês detentor do título dos penas. O duelo aconteceria em março daquele ano, todavia, faltando duas semanas para o confronto, o brasileiro quebrou o pé e acabou tendo que sair do card, sendo substituído por Nate Diaz. O americano, então, superou Conor, que meses depois, teve sua revanche contra Nate, saindo vencedor na segunda luta. Já Dos Anjos voltou ao cage em julho, quando enfrentou Eddie Alvarez e acabou nocauteado, perdendo o cinturão peso-leve da franquia.

Dois anos depois, o Ultimate tentou, pela segunda vez, marcar o combate. O brasileiro, já como meio-médio, enfrentaria Conor McGregor pelo título interino da categoria, em card que seria realizado, provavelmente, no Rio de Janeiro. Entretanto, logo depois, em uma passagem por Nova York (EUA), o irlandês protagonizou uma confusão que envolveu um ataque a um ônibus onde estavam Khabib Nurmagomedov e outros lutadores do UFC. Com isso, Conor acabou sendo preso e a organização foi forçada a alterar seus planos.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade