Realizado no último sábado (27), o UFC Vegas 4 contou com inúmeras boas atrações e a organização, certamente, não teve vida fácil para premiar os atletas que estiveram em ação no card. Apesar disso, a “Luta da Noite” foi unânime e Dustin Poirier e Dan Hooker, protagonistas da luta principal do evento, levaram o bônus após uma batalha sangrenta que durou cinco rounds, onde Poirier saiu vencedor por decisão unânime dos jurados. Como recompensa, ambos receberam US$ 50 mil dólares (aproximadamente 274 mil reais na cotação atual).

* Em batalha sangrenta e intensa, Poirier vence Hooker no UFC Vegas 4; Philipe Lins é nocauteado

Quem também faturou a mesma quantia, mas com a “Performance da Noite”, foi Kay Hansen. Com apenas 20 anos, a americana – que fez sua estreia pelo Ultimate – deu show e, diante da experiente Jinh Yu Frey, ex-campeã peso-átomo do Invicta FC, saiu vencedor após aplicar uma chave de braço no terceiro round de luta. Com isso, Hansen emplacou a sétima vitória em sua promissora carreira no MMA profissional.

Outro que levou 50 mil dólares para casa foi Julian Erosa. Diante do então invicto Sean Woodson, o lutador travou duro combate contra o adversário, mas no fim, conquistou o triunfo também utilizando o Jiu-Jitsu, finalizando Woodson com um triângulo de mão invertido já no terceiro e último assalto de combate.

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC on ESPN 12
UFC Apex, em Las Vegas (EUA)
Sábado, 27 de junho de 2020

Card principal 
Dustin Poirier derrotou Dan Hooker por decisão unânime dos jurados
Mike Perry derrotou Mickey Gall por decisão unânime dos jurados
Maurice Greene finalizou Gian Villante com um katagatame no 3R
Brendan Allen derrotou Kyle Daukaus por decisão unânime dos jurados
Julian Erosa finalizou Sean Woodson com um triângulo de mão invertido no 3R
Takashi Sato derrotou Jason Witt por nocaute técnico no 1R

Card preliminar
Khama Worthy finalizou Luis Peña com uma guilhotina no 3R
Tanner Boser derrotou Philipe Lins por nocaute no 1R
Kay Hansen finalizou Jinh Yu Frey com uma chave de braço no 3R
Youssef Zalal derrotou Jordan Griffin por decisão unânime dos jurados