Empolgada para estreia da ‘ilha da luta’, Karol Rosa comenta troca de rival e afirma: ‘Chance de mostrar todo meu potencial’

Publicado em 25/06/2020 por: Diogo Santarém
Empolgada para estreia da ‘ilha da luta’, Karol Rosa comenta troca de rival e afirma: ‘Chance de mostrar todo meu potencial’ Karol Rosa (à esquerda) ao lado das parceiras Bate-Estaca e Jéssica Delboni (Foto reprodução Instagram @jessicammapro)

publicidade

* Companheira de treinos da ex-campeã peso-palha Jéssica Bate-Estaca na equipe PRVT, Karol Rosa ganhou uma chance de ouro em meio à pandemia do novo coronavírus. Antes escalada para enfrentar Julia Avila no dia 13 de junho, a peso-galo brasileira se viu impossibilitada de entrar nos Estados Unidos por conta das restrições para solicitar o visto norte-americano e, desta maneira, foi realocada para o estrelado card do UFC 251, marcado para o dia 11 de julho, na estreia da aguardada “ilha da luta”, em Abu Dhabi (EAU).

Pela frente, Karol terá a compatriota Vanessa Melo, que também teve seu combate alterado por causa da pandemia. Além disso, a atleta da PRVT vai ter, pela segunda vez, a oportunidade de atuar no mesmo evento da parceira de treinos e amiga Jéssica Bate-Estaca, que enfrentará Rose Namajunas pelo card principal.

“Eu estava escalada para enfrentar a Julia (Avila) no dia 13 de junho, mas com a pandemia, está bem difícil solicitar o visto norte-americano. O Consulado não conseguiu liberar, e com isso a luta teve que ser cancelada. Ficamos aguardando uma remarcação, mas acabou surgindo essa oportunidade em 11 de julho. Quando anunciaram o card do UFC 251, fiquei muito empolgada para lutar. Um card top, e ainda vou poder lutar junto da Jéssica de novo”, contou Karol em entrevista à TATAME, completando:

“É uma grande oportunidade. Serão três disputas de cinturão, vários atletas bons em ação, então o público não vai querer perder esse UFC. É a minha chance de mostrar todo o meu potencial. Já estou me preparando para lutar há muito tempo, então agora é só ajustar alguns detalhes para o jogo da Vanessa”.

Por fim, Karol projetou seu combate com a compatriota Vanessa Melo, que chega pressionada por duas derrotas em duas lutas no UFC. Sem levar em conta o momento ruim da adversária, a lutadora elogiou Melo, mas disse que está preparada para somar a sua quarta vitória consecutiva.

“Eu e a Vanessa iríamos lutar no Future FC ano passado, mas acabou que eu tive que fazer uma cirurgia e a luta não aconteceu. Ela é uma menina dura, aguenta bastante porrada, mas eu estou preparada, bem focada. Estou indo pra vencer, seja nocauteando ou finalizando. Vai ser uma luta boa”, encerrou a peso-galo.

CARD COMPLETO:

UFC 251
Ilha de Yas, em Abu Dhabi (EAU)
Sábado, 11 de julho de 2020

Card principal
Peso-meio-médio: Kamaru Usman x Gilbert Durinho
Peso-pena: Alexander Volkanovski x Max Holloway
Peso-galo: Petr Yan x José Aldo
Peso-palha: Jéssica Bate-Estaca x Rose Namajunas
Peso-mosca: Amanda Ribas x Paige VanZant

Card preliminar
Peso-meio-pesado: Volkan Oezdemir x Jiri Prochazka
Peso-meio-médio: Elizeu Capoeira x Muslim Salikhov
Peso-pena: Makwan Amirkhani x Danny Henry
Peso-leve: Léo Santos x Roman Bogatov
Peso-pesado: Marcin Tybura x Alexander Romanov
Peso-mosca: Raulian Paiva x Zhalgas Zhumagulov
Peso-galo: Karol Rosa x Vanessa Melo
Peso-galo: Martin Day x Davey Grant

* Por Diogo Santarém

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade