Resumo do MMA: Nike, Under Armour e Venum ‘brigam’ para vestir o UFC em 2021; LFA volta com quatro eventos em julho

Publicado em 22/06/2020 por: Yago Redua
Resumo do MMA: Nike, Under Armour e Venum ‘brigam’ para vestir o UFC em 2021; LFA volta com quatro eventos em julho Presidente do UFC, Dana Whitenão gostou da polêmica envolvendo o experiente árbitro Herb Dean (Foto reprodução YouTube MMAJunkie)

publicidade

O acordo assinado com a Reebok, empresa que atualmente fornece os materiais esportivos do UFC, se encerra no fim deste ano. A informação foi divulgada pelo próprio Dana White, presidente da franquia, em entrevista ao “The Schmozone Podcast”. Ainda segundo o “Big Boss”, a próxima empresa que vai confeccionar toda a linha esportiva do Ultimate a partir de 2021 será Nike, Under Armour ou Venum – esta última a única que é voltada apenas para o mundo das artes marciais.

A parceria entre UFC e Reebok começou em 2014. O acordo fez com que os lutadores usassem uniformes padrões e não pudessem estampar outras marcas esportivas ou patrocínios individuais. Os valores pagos aos atletas, de acordo com a experiência de cada um, variam entre US$ 3,5 mil e US$ 40 mil por luta.

Dana ironiza post de Cejudo

Logo após a animada luta entre os pesos-penas Josh Emmett e Shane Burgos, no último sábado (20), pelo UFC Vegas 3, Henry Cejudo – que anunciou sua aposentadoria no último mês de maio – foi às redes sociais para elogiar os atletas e soltar uma provocação. O ex-campeão dos moscas e galos do UFC escreveu no Twitter: “Candidatos a Luta do Ano. É lindo ver esses dois artistas trabalhando na minha categoria de peso”.

Na coletiva de imprensa pós-evento, Dana foi indagado por jornalistas se Cejudo fazia parte dos planos da companhia para disputar o cinturão dos penas em um futuro próximo. Prontamente o dirigente negou a ideia: “Ele se aposentou. Acabei de fazer outra entrevista em que as pessoas me perguntaram sobre outros caras aposentados (além de Cejudo, Conor McGregor também anunciou, mais uma vez, aposentadoria). Esses caras estão aposentados. Eu nem estou pensando em nenhum deles. Há tantos atletas agora que estão aqui, que querem lutar. Essas são as pessoas em que estou focado”, comentou.

LFA anuncia retorno para julho

Um dos principais fornecedoras de talentos para o UFC, o LFA anunciou, através das redes sociais, que o mês de julho vai marcar à volta da organização ao trabalho. A partir do dia 10 de julho, serão quatro eventos seguidos, todos com disputas de cinturão. Os cards vão acontecer em Sioux Falls, Dakota do Sul (EUA).

Assim como quase todos outros eventos esportivos, a franquia estava paralisada por conta da pandemia.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade