Terry Crews teria ido para a Luta Livre se série Brooklyn Nine-Nine não desse certo

Publicado em 08/06/2020 por: Diogo Santarém
Terry Crews teria ido para a Luta Livre se série Brooklyn Nine-Nine não desse certo Ator Terry Crews mantém uma incrível forma física aos 51 anos de idade (Foto reprodução)

publicidade

Terry Crews, atualmente uma estrela em Brooklyn Nine-Nine, teria ido para a Luta Livre se a série não desse certo. O ano de 2018 foi conturbado para Brooklyn Nine-Nine, que foi cancelada pela FOX em sua sétima temporada, mas ganhou um novo fôlego com a transferência para a NBC. No mesmo ano, Terry Crews participou de um projeto para divulgar lutas da WWE, e, segundo o lutador Titus O’Neil, a organização tinha interesse de “fazer mais (trabalhos) com ele”.

De acordo com O’Neil, estrela da WWE, o ator treina bastante, “está em ótima forma, tem uma grande personalidade e é muito respeitoso, que é a regra número um da nossa empresa”. Com o estabelecimento da WWE como um “serviço essencial” na Flórida (EUA), a principal liga mundial de lutas coreografadas continuará a funcionar no estado americano sem a presença de público até o final da crise.

Nos Estados Unidos, a Luta Livre é um atrativo para turistas, além de ser um entretenimento aliado a cassinos em cidades como Las Vegas, por exemplo. Quem curte a jogatina pode ir aos cassinos online grátis recomendados para jogar à distância, e quem gosta de Luta Livre poderá assistir aos atletas online. Apesar de ter sido tentado a retornar para o mundo da luta, Terry Crews precisou voltar às atividades relacionadas ao seriado americano, que vem fazendo muito sucesso tanto no Brasil quanto lá fora.

Brooklyn 99

Uma série policial, mas nada tradicional, Brooklyn Nine-Nine é uma comédia que se passa em uma delegacia na cidade de Nova York. Há episódios voltados para ação policial, romances introduzidos de forma sutil e nada maçante, referências a filmes clássicos como “Duro de Matar” e “Poderoso Chefão”, além da comédia desbocada que tira gargalhadas de qualquer um.

Emulando o estilo das câmeras de séries aclamadas como “The Office” e “Parks and Recreation”, Brooklyn Nine-Nine também apresenta um elenco incrível e personagens com personalidades marcantes. Jake Peralta (Andy Samberg) é um policial competente, porém cheio de problemas com autoridade e disciplina, enquanto o Capitão Holt (Andre Braugher) é um profissional sério e robótico, mas que às vezes consegue ceder às brincadeiras do grupo.

Outras personagens principais são Charles Boyle (Joe Lo Truglio), Amy Santiago (Melissa Fumero), Rosa Diaz (Stephanie Beatriz) e Gina Linetti (Chelsea Peretti). Todos fazem parte de um grupo de colegas que trabalham juntos no distrito policial do bairro. A série está disponível na Netflix para streaming no Brasil, e apresenta críticas sociais e referências de forma leve e clara.

Sobre o ator

Também conhecido pelo icônico papel de Julius em “Todo Mundo Odeia o Chris”, Crews vem balançando as estruturas de Hollywood desde a publicação de seu livro sobre masculinidade tóxica e denúncia de assédio que sofreu. Com uma moral rígida e clara, ele representa um sargento na série Brooklyn Nine-Nine, que tem uma personalidade quase idêntica à própria: um cara que ama a sua família e faria tudo para protegê-la, musculação, iogurtes, e com o mesmo nome: Terry (Jeffords, neste caso).

O ator está ligado à Luta Livre desde 1999, ano em que apareceu no Battle Dome como o cara mau T-Money. Antes da World Championship Wrestling (WCW) ser comprada pela WWE, ele ainda trabalhou lá, e até hoje relembra dos velhos tempos com nostalgia.

Em 2018, o ator fez a apresentação do Summerslam. Durante uma entrevista, ele comparou a WWE com as produtoras de filmes de super-herói Marvel e DC. Segundo Terry, assim como esses filmes, a WWE é sobre heróis e vilões. Além disso, ele afirma que o ringue é o maior cinema da Terra, onde tudo pode acontecer.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade