Augusto Sakai celebra Top 10 dos pesados e disputa de cinturão entre Miocic e Cormier: ‘Agora a categoria volta a andar’

Publicado em 10/07/2020 por: Diogo Santarém
Augusto Sakai celebra Top 10 dos pesados e disputa de cinturão entre Miocic e Cormier: ‘Agora a categoria volta a andar’ Sakai espera que a categoria peso pesado volte a andar (Foto reprodução Instagram @augustosakai)

publicidade

* Desde que chegou ao UFC, em 2018, vindo do reality show “Contender Series”, o peso-pesado Augusto Sakai não sabe o que é perder. Em sua estreia na organização, o brasileiro derrotou Chase Sherman por nocaute técnico, no terceiro round, e em seguida enfileirou triunfos contra Andrei Arlovski, Marcin Tybura e, mais recentemente, Blagoy Ivanov, em maio, por decisão dividida.

O resultado positivo contra Ivanov, que veio de forma suada, representou a entrada de Augusto Sakai no Top 10 do ranking peso-pesado do UFC. Na décima posição, o brasileiro comemorou o feito em entrevista à TATAME e relembrou seu triunfo sobre o búlgaro casca-grossa após três rounds.

“A luta foi bem parelha. O Ivanov é um cara duro, confesso que mais duro do que eu esperava. Para vencer de forma mais tranquila faltou encaixar o jogo… Mesmo recebendo golpes ele continuava vindo pra frente, e por isso fui jogando na segurança”, analisou o brasileiro, completando.

“Almejava esse lugar no Top 10 e agora alcancei. O que vem a seguir… Vi que a maioria da galera (no peso pesado) está com luta marcada, então estou aguardando para ver como esses lutas vão se desenrolar, o andar da categoria, e aí eu poder enfrentar alguém depois. Gostaria de enfrentar alguém do Top 10, mas como todos estão com luta marcada por enquanto, é aguardar ver o que o UFC tem em mente pra mim”.

Outro motivo de celebração por parte de Augusto Sakai foi a confirmação da aguardada trilogia entre o campeão peso-pesado Stipe Miocic e Daniel Cormier, que vão se enfrentar com o cinturão em jogo no próximo dia 15 de agosto, na luta principal do UFC 252, em Las Vegas (EUA). O brasileiro espera que, com a realização do combate após longa negociação, a divisão volte a andar, e apostou em Miocic.

“Acredito que vai ser uma luta muito dura, mas o Miocic leva de novo”, opinou Sakai, falando também sobre o futuro da categoria. “É o que eu acho e o que eu espero, que a categoria volte a andar (risos). Que o pessoal do Top 5 consiga ter a chance de disputar o título, e consequentemente a gente que está mais atrás, no Top 10, vai chegando. Espero que após a trilogia a categoria ande e novos atletas disputem o cinturão”.

* Por Diogo Santarém

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade