BJJ Stars retorna com triunfo de Kaynan sobre João Gabriel na luta principal; Gaudio derrota Erberth

Publicado em 25/07/2020 por: Diogo Santarém
BJJ Stars retorna com triunfo de Kaynan sobre João Gabriel na luta principal; Gaudio derrota Erberth Gaudio superou Erberth Santos em uma das lutas mais aguardadas da noite (Foto reprodução BJJ Stars)

publicidade

Maior evento de lutas casadas de Jiu-Jitsu do Brasil e em busca de ser o maior do mundo, o BJJ Stars realizou sua terceira edição neste sábado (25), em São Paulo, em evento que marcou a volta aos trabalhos da organização em meio à pandemia do novo coronavírus. E quem comprou o pay-per-view (PPV) para assistir ao evento não se decepcionou. Na luta principal, Kaynan Duarte e João Gabriel Rocha travaram uma verdadeira guerra, com coração, que terminou com vitória de Kaynan.

No co-main event, quem levou a melhor foi Lucas Hulk, vitorioso diante de Leandro Lo por 2 a 0. Já no aguardado confronto entre Patrick Gaudio e Erberth Santos, muita expectativa e pouca ação, com o “leão” Gaudio vencendo por uma vantagem. Ao todo, foram 12 lutas, com duelos para todos os gostos e envolvendo diversas gerações da arte suave. Fepe Lopes, presidente do BJJ Stars, ainda anunciou a quarta edição do evento para o dia 5 de dezembro, ainda a ser confirmado com a presença do público ou não.

Kaynan e João Gabriel dão show de Jiu-Jitsu

Na luta principal, João Gabriel Rocha e Kaynan Duarte deram um verdeiro show de Jiu-Jitsu, na terceira vez que os dois faixas-preta ficaram frente a frente (Kaynan agora lidera por 2 a 1). Kaynan saiu na frente, mas João Gabriel logo tratou de empatar o duelo, que seguiu bastante parelho até ele machucar o joelho direito.

View this post on Instagram

SHOW DE JIU-JITSU! 🥋🥇 . Na luta principal do @bjjstarsoficial, que aconteceu neste sábado (25), em São Paulo, @jgrocha e @kaynanduarte deram um verdeiro show de Jiu-Jitsu, na terceira vez que os dois faixas-preta ficaram frente a frente. Kaynan saiu na frente, mas João Gabriel logo tratou de empatar o placar, que seguiu bastante parelho até ele machucar o joelho direito. Mostrando bastante coração, João Gabriel seguiu na disputa, mas não foi capaz de superar o atleta da Atos Jiu-Jitsu, que venceu por 6 a 4 nos pontos. Grande combate dos dois faixas-preta, verdadeiros guerreiros da arte suave. E também grande retorno do BJJ Stars! . 💻 www.tatame.com.br . #tatame #fight #jiujitsu #bjj #mma #tatame25 #grappling #artesuave #bjjstars #joaogabrielrocha #kaynanduarte

A post shared by Revista TATAME (@revistatatame) on

Mostrando coração, João Gabriel seguiu na disputa, mas não foi capaz de superar o atleta da Atos, que venceu por 6 a 4 nos pontos, em grande atuação dos dois faixas-preta. Ao fim do evento, Kaynan pediu para enfrentar Felipe Preguiça, seu adversário inicial, que acabou se lesionando e foi substituído por João.

Lucas Hulk surpreende Leandro Lo com queda

O confronto mal tinha começado e Lucas Hulk, com uma queda, abriu 2 a 0 no placar diante de Leandro Lo. A partir daí, o pupilo de André Galvão passou a maior parte da luta por cima, fazendo pressão, mas não foi capaz de passar a guarda de Lo, que ao mesmo tempo, também não conseguiu raspar Hulk.

Nos últimos minutos, ciente de que estava na frente, Lucas Hulk foi “cozinhando” o líder da NS Brotherhood e, nos 30 segundo finais, chegou perto de finalizar Lo, que resistiu, mas acabou derrotado por pontos.

Patrick Gaudio supera Erberth em luta morna

Uma das lutas mais aguardadas do BJJ Stars, a disputa entre Patrick Gaudio e Erberth Santos contou com muitas provocações no seu aquecimento e, talvez por causa disso, acabou “travada”, com os dois faixas-preta atuando com bastante cautela. Ao fim dos 10 minutos, quem levou a melhor foi Patrick Gaudio, por uma vantagem. Em entrevista após a luta, o representante do projeto Dream Art reconheceu que sua atuação esteve aquém do esperado e se mostrou aberto para uma revanche com Erberth Santos.

Gabriel Napão finaliza Léo Leite no último segundo

Dois veteranos da arte suave, com trajetórias vitoriosas no MMA e mais de 40 anos, Gabriel Napão e Léo Leite fizeram um confronto bastante acirrado, pautado na luta em pé e definido apenas no último segundo. Quase 20kg mais pesado que Léo Leite, o ex-UFC Napão fez valer seu porte físico e saiu na frente.

Na reta final, o judoca Léo conseguiu uma queda espetacular, mas viu Napão cair por cima. Se aproveitando da situação, Gabriel não perdeu tempo e foi para o armlock, finalizando, literalmente, no último segundo.

Bahiense estrangula Cláudio Calasans no Ezequiel

Dois grandes nomes da divisão, os faixas-preta Cláudio Calasans e Isaque Bahiense faziam um combate disputado até o líder do projeto Dream Art encaixar um justo estrangulamento Ezequiel. Bahiense começou chamando Calasans para a guarda e conseguiu a raspagem, recebendo a resposta de Cláudio, que empatou.

Já há poucos segundos do fim, depois de raspar de volta e ficar à frente do placar – que marcava 4 a 2 -, Isaque Bahiense aproveitou uma brecha do adversário e, sem perder tempo, finalizou com um Ezequiel. Em entrevista após a luta, Isaque relembrou sua derrota para Gabriel Arges na final do Mundial de Jiu-Jitsu da IBJJF em 2019 e pediu pela chance de enfrentar o faixa-preta da Gracie Barra novamente.

Serginho encaixa estrangulamento em Luis Marques

Depois de um longo tempo afastado das competições com quimono, o ex-lutador do UFC Serginho Moraes fez bonito em seu retorno aos tatames. Contra o experiente Luis Marques, bicampeão do BJJ Stars, Serginho teve paciência e, pouco a pouco, foi avançando até passar a guarda e começar a desenhar seu triunfo.

Porém, mesmo com o 3 a 0 no placar e a passagem estabilizada, Serginho não se acomodou e, faltando poucos segundos para o fim, encaixou um bonito estrangulamento Norte e Sul. Após a luta, o faixa-preta da Alliance celebrou a oportunidade de voltar e projetou sucesso para o evento liderado por Fepa Lopes.

Anna Rodrigues leva luta travada com Bia Basílio

Antigas rivais, Anna Rodrigues e Bia Basílio travaram um confronto bastante amarrado e estudado, mas também repleto de tensão, principalmente na sua reta final. A faixa-preta da Almeida Jiu-Jitsu saiu na frente com uma vantagem após tentativa de finalização na “botinha”, mas depois viu Anna Rodrigues superá-la.

Explosiva, a representante do projeto Dream Art anotou três vantagens em sequência, saiu vencedora por 3 a 1, e no final rebateu os críticos de internet, exaltando Bia, mas destacando: “Eu sou f***”, exclamou Anna.

Meyham Maquine vence guerra contra Clandestino

Estreando na faixa-preta, o jovem Meyham Maquine, de apenas 19 anos, mostrou a que veio em duelo contra o casca-grossa Cleber Clandestino. Após um início de luta avassalador, Meyham abriu 6 a 0 nos pontos, mas aos poucos viu o lutador da Almeida Jiu-Jitsu ir crescendo na disputa, que se emparelhou.

Fazendo valer da sua experiência, Cleber Clandestino encostou no placar e foi com tudo pra cima, atacando o pé de Meyham, que respondeu da mesma forma. No final, porém, nenhum dos dois encaixou a finalização, e Meyham saiu vencedor por 8 a 6 nos pontos, em debute de gala na elite da arte suave.

Charles Duende bate Ximu por uma vantagem

No combate entre os veteranos Charles Duende e Gustavo Ximu – realizado com menos tempo de duração -, melhor para Duende. Botando pressão desde o início por cima, o faixa-preta da G13 BJJ tentou, não foi capaz de pontuar sobre Ximu – que se defendeu bem -, mas anotou uma vantagem decisiva.

Rollo finaliza Caio Almeida no estrangulamento

Faixa-preta experiente, Gabriel Rollo foi o responsável pela primeira finalização da noite. Em confronto contra Caio Almeida, convocado há poucos dias para substituir Charles do Bronx, o “Palito” precisou de quatro minutos para pegar as costas e vencer com um estrangulamento. Em entrevista após a luta, Gabriel pediu uma nova chance para enfrentar Do Bronx, atualmente se dedica ao MMA, no peso-leve do UFC.

Renata Marinho derrota Sábatha em luta parelha

O embate entre as “velhas conhecidas” Renata Marinho e Sábatha Lais iniciou eletrizante, com a faixa-preta da Alliance saindo na frente com 2 a 0. Com o passar do tempo, Sábatha foi crescendo, mas não conseguiu transformar sua pressão em pontos e ainda viu Renata aumentar a vantagem para 4 a 0.

Minutos depois, porém, Sábatha devolveu a raspagem e voltou pra luta. A partir daí, a faixa-preta da equipe Ryan Gracie tentou de todas as formas empatar o combate, mas não foi capaz de ultrapassar a eficiente guarda de Renata Marinho, que terminou vencedora por 4 a 2 e celebrou bastante o resultado positivo.

Petcho domina Robinho e triunfa por pontos

Marcos Petcho começou com estilo a noite de lutas do BJJ Stars. Diante de Robinho, o faixa-preta mostrou gás e impôs seu ritmo, abrindo o placar com uma raspagem. Em seguida, aumentou para 4 a 0 nos pontos com uma queda. Em desvantagem, Robinho tentou um último ataque na perna direita do representante da Barbosa Jiu-Jitsu na reta final do combate, mas não foi o suficiente para tirar a vitória de Marcos Petcho.

RESULTADOS COMPLETOS:

BJJ Stars
Lugar secreto, em São Paulo (BRA)
Sábado, 25 de julho de 2020

Kaynan Duarte derrotou João Gabriel Rocha por 6 a 4 nos pontos
Lucas Hulk derrotou Leandro Lo por 2 a 0 nos pontos
Patrick Gaudio derrotou Erberth Santos por 1 a 0 nas vantagens
Gabriel Napão finalizou Léo Leite com uma chave de braço
Isaque Bahiense finalizou Cláudio Calasans com um estrangulamento Ezequiel
Serginho Moraes finalizou Luis Marques com um estrangulamento Norte e Sul
Anna Rodrigues derrotou Bia Basílio por 3 a 1 nas vantagens
Meyham Maquine derrotou Cleber Clandestino por 8 a 6 nos pontos
Charles Duende derrotou Gustavo Ximu por 1 a 0 nas vantagens
Gabriel Rollo finalizou Caio Almeida com um estrangulamento
Renata Marinho derrotou Sábatha Lais por 4 a 2 nos pontos
Marcos Petcho derrotou Robinho por 4 a 0 nos pontos

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade