Com a pandemia mais controlada na Europa, seleção brasileira de Judô viaja para realizar treinos em Portugal; saiba

Publicado em 18/07/2020 por: Yago Redua
Com a pandemia mais controlada na Europa, seleção brasileira de Judô viaja para realizar treinos em Portugal; saiba Seleção brasileira embarcou para Portugal, onde segue com os treinamentos (Foto Monica Faria / COB)

publicidade

A última vez que a Seleção Brasileira de Judô se encontrou no saguão de um aeroporto para uma viagem internacional foi no dia 9 de março. Naquele dia, porém, a FIJ reconhecia os riscos da pandemia de Covid-19 e anunciava a suspensão de todos as competições do Circuito Mundial, incluindo o Grand Slam de Ecaterimburgo, na Rússia, destino final daquela viagem que nunca chegou a acontecer.

Na sexta-feira (17), após quatro meses de confinamento e treinos com restrições, os judocas brasileiros se reencontraram, no Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), para embarcar, finalmente, com a Missão Europa, do COB, para treinar em Portugal, com malas abarrotadas de judogi e uma saudade: treinar Judô.

“É o que eu estou morrendo de vontade de fazer e é essa a minha maior saudade. Botar o quimono e poder treinar Judô, algo que eu não faço há, pelo menos, cinco meses. Nunca fiquei tanto tempo assim sem poder treinar Judô, sem fazer a parte física numa academia. Essa retomada é muito importante, apesar de não ter nenhuma competição. Eu já estava quase louco de ficar em casa. Então, voltar à rotina vai ser muito importante para a gente”, contou o peso-Ligeiro da seleção, Eric Takabatake (60kg), que mora em São Paulo, uma das cidades mais afetadas pela pandemia no Brasil.

Para a meio-leve Larissa Pimenta (52kg), a oportunidade de voltar a conviver com os colegas de seleção é uma motivação a mais para encarar o retorno aos treinos: “Estamos há muito tempo parados. Acredito que a primeira saudade a matar vai ser a de estar com a galera, com a equipe. Sentimos muita falta disso. E o mais importante vai ser matar a saudade do tatame depois de quatro meses sem treinar Judô”, reconhece a campeã dos Jogos Pan-Americanos Lima 2019 e atual número 8 do mundo em sua categoria.

O reencontro com o tatame já tem data prevista. Após passarem por todos os protocolos sanitários na chegada à Lisboa, incluindo novos testes e isolamento, os atletas vão treinar Judô na manhã de segunda-feira (20), no Complexo Esportivo de Rio Maior, base do Time Brasil em Portugal.

Já na terça-feira (21), os judocas viajarão para Coimbra, onde ficarão concentrados em treinamento de campo com a seleção portuguesa de Judô até o dia 29 de agosto, data do retorno da equipe ao Brasil.

A estratégia de levar atletas para a Europa – onde a pandemia está mais controlada – foi desenvolvida e financiada pelo Comitê Olímpico do Brasil. A CBJ foi uma das 18 confederações olímpicas brasileiras a aderirem ao programa, levando, tanto a seleção masculina, quanto a feminina para os treinos em Portugal.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade