Em estreia da ‘ilha da luta’, UFC 251 traz três disputas de título e legião brasileira em ação neste sábado (11)

Publicado em 11/07/2020 por: Mateus Machado
Em estreia da ‘ilha da luta’, UFC 251 traz três disputas de título e legião brasileira em ação neste sábado (11) Kamaru Usman defenderá seu título contra Jorge Masvidal neste sábado (Foto: Reprodução/YouTube/UFC)

publicidade

O Ultimate inicia hoje, com o UFC 251, uma série de quatro eventos no mês de julho, que serão realizados na tão comentada “Ilha da Luta”, grandiosa estrutura construída pela organização, situada em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes. Serão oito brasileiros em ação neste sábado, com destaque para José Aldo, ex-campeão peso-pena, que agora vai tentar faturar o título peso-galo em duelo contra o russo Petr Yan. Caso o manauara vença o combate, o Brasil voltará a ter um campeão masculino dentro do UFC, o que não ocorre desde 2017.

O card terá ainda outras duas disputas de cinturão. Na luta principal, o campeão meio-médio Kamaru Usman vai encarar Jorge Masvidal, que entrou de última hora no card após o brasileiro Gilbert Durinho testar positivo para o Coronavírus na última semana e ser retirado do evento. No luta co-principal, pela divisão dos penas, o detentor do título, Alexander Volkanovski, fará revanche diante de Max Holloway, que já ostentou a cinta e foi derrotado justamente pelo oponente desta noite.

Ainda no UFC 251, uma legião de brasileiros vai entrar em ação. Ex-campeã peso-palha, Jessica Bate-Estaca vai ter mais uma vez pela frente a americana Rose Namajunas, que também já foi detentora do título da divisão. Além disso, Amanda Ribas, Elizeu Capoeira, Léo Santos e Raulian Paiva terão importantes desafios, além de Karol Rosa e Vanessa Melo, que vão se enfrentar no card preliminar.

Kamaru Usman e Volkanovski colocam cinturões em jogo

O confronto principal da noite sofreu uma baixa no final da semana passada, quando o brasileiro Gilbert Durinho, que seria o desafiante ao cinturão peso-meio-médio do campeão nigeriano Kamaru Usman (16-1-0), teve de ser retirado do card por testar positivo para Covid-19. Em seu lugar, com apenas seis dias de antecedência, entrou o americano Jorge Masvidal (35-13-0), terceiro no ranking da divisão. Dono do cinturão BMF do UFC (em inglês, algo como “o maior durão de todos”), “Gamebred” vem de três nocautes, incluindo o de cinco segundos sobre Ben Askren, considerado o mais rápido da história da organização.

Já o campeão Kamaru tem um cartel que fala por si. Com 15 vitórias seguidas, “The Nigerian Nightmare” entrou no octógono pela última vez em dezembro, quando nocauteou o americano Colby Covington.

Na luta co-principal da noite, o campeão peso-pena Alexander Volkanovksi (21-1-0) e o ex-dono do cinturão Max Holloway (21-5-0) fazem a tão esperada revanche. Os dois se enfrentaram pela primeira vez no UFC 245, em dezembro. Na ocasião, o australiano dominou o havaiano e conquistou o título da divisão. Líder da categoria até 65kg, Holloway espera retomar o cinturão, que defendeu com sucesso por três vezes, e, de quebra, interromper a sequência de 18 vitórias de Volkanovski.

José Aldo busca mais um título para sua carreira

Depois do campeão Henry Cejudo anunciar sua aposentadoria no começo de maio, o cinturão peso-galo do UFC volta a ter um dono neste sábado. De um lado do octógono, estará o russo Petr Yan (11-1-0), terceiro da divisão e invicto no UFC com seis vitórias seguidas. Do outro, a lenda José Aldo (28-6-0). O brasileiro, que foi dono do título peso-pena do UFC por mais de quatro anos, busca se tornar um dos poucos atletas da história a ser campeão em duas divisões diferentes. Com apenas uma luta na categoria até 61kg – uma derrota por decisão dividida para Marlon Moraes -, Aldo espera conquistar sua primeira vitória na divisão e, de quebra, retomar seu posto de “Campeão do Povo”.

Bate-Estaca e Amanda em ação no card principal

Duas brasileiras também fazem parte da lista das estrelas que compõem o card principal do UFC 251. A ex-campeã peso-palha Jessica Bate-Estaca (20-7-0) enfrenta a americana Rose Namajunas (9-4-0). As duas lutaram pela primeira vez no UFC 237, no ano passado, quando a brasileira tirou o cinturão de Namajunas. Dois meses depois, em agosto, foi Jessica que perdeu o título ao ser nocauteada pela chinesa e atual campeã Weili Zhang. A vencedora da luta deste sábado deve sair de Abu Dhabi como a nova e experiente desafiante.

Já pelo peso-mosca, Amanda Ribas (9-1-0) enfrenta Paige VanZant (8-4-0). O confronto entre as duas chegou a ser marcado para o UFC Brasília, em março, mas a americana lesionou o braço e teve de ser retirada do card. Em ascensão no peso-palha, Amanda topou subir para a categoria até 57kg para a tão esperada luta contra VanZant. A mineira de Varginha está invicta no UFC, com três vitórias seguidas.

Outros brasileiros no card

Mais cinco atletas completam o esquadrão brasileiro na primeira edição do UFC  na “Ilha da Luta”. O peso-meio-médio Elizeu Zaleski (22-6-0) enfrenta o russo Muslim Salikhov (16-2-0), o peso-leve Léo Santos (17-4-1) retorna contra o invicto cazaque Roman Bogatov (10-0-0), o peso-mosca Raulian Paiva (19-3-0) encara Zhalgas Zhumagulov (13-3-0), e as atletas peso-galo Karol Rosa (12-3-0) e Vanessa Melo (10-7-0) fazem duelo brasileiro.

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC 251
Ilha de Yas, em Abu Dhabi (EAU)
Sábado, 11 de julho de 2020

Card principal 
Kamaru Usman derrotou Jorge Masvidal por decisão unânime dos jurados
Alexander Volkanovski derrotou Max Holloway por decisão dividida dos jurados
Petr Yan derrotou José Aldo por nocaute técnico no 5R
Rose Namajunas derrotou Jéssica Bate-Estaca por decisão dividida dos jurados
Amanda Ribas finalizou Paige VanZant com uma chave de braço no 1R

Card preliminar
Jiri Prochazka derrotou Volkan Oezdemir por nocaute no 2R
Muslim Salikhov derrotou Elizeu Capoeira por decisão dividida dos jurados
Makwan Amirkhani finalizou Danny Henry com um estrangulamento no 1R
Léo Santos derrotou Roman Bogatov por decisão unânime dos jurados
Marcin Tybura derrotou Maxim Grishin por decisão unânime dos jurados
Raulian Paiva derrotou Zhalgas Zhumagulov por decisão unânime dos jurados
Karol Rosa derrotou Vanessa Melo por decisão unânime dos jurados
Davey Grant derrotou Martin Day por nocaute no 3R

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade