Em recuperação após morte do pai, agente de Khabib garante retorno do russo antes do fim de 2020: ‘Não está se aposentando’

Publicado em 20/07/2020 por: Yago Redua
Em recuperação após morte do pai, agente de Khabib garante retorno do russo antes do fim de 2020: ‘Não está se aposentando’ Empresário de Khabib, Ali garantiu retorno do campeão ainda em 2020 (Foto reprodução Instagram @aliabdelaziz000)

publicidade

Assim que o pai de Khabib Nurmagomedov morreu após complicações por conta da Covid-19, no começo deste mês de julho, algumas pessoas passaram a questionar sobre o futuro do campeão peso-leve do UFC dentro do MMA. Agente do russo, Ali Abdelaziz, porém, tratou de acalmar a situação, dizendo que os fãs irão assistir “The Eagle” em ação antes mesmo do fim de 2020, contra Justin Gaethje – campeão interino -, e descartou qualquer boato sobre aposentadoria.

“Khabib não está se aposentando. Ele tem alguns objetivos, ele tem algumas coisas que deseja realizar. Você o verá em ação antes do final do ano. Agora ele e o Dana (White, presidente do UFC) estão conversando e tentaremos marcar uma data (para a luta contra Justin Gaethje). Tenho certeza que Dana vai deixar todo mundo saber quando o Khabib vai lutar”, afirmou o agente em declaração ao TMZ Sports.

O UFC tinha como planejamento fazer o duelo entre Khabib e Gaethje – que também é agenciado por Abdelaziz – no UFC 253, marcado para o dia 19 de setembro, para unificar os cinturões dos leves. Mas por conta da morte do pai do russo, os planos foram adiados. A imprensa internacional começou, então, a especular uma luta entre Gaethje contra Conor McGregor. Ali foi enfático ao descartar esse embate.

“Conor agora pode ser um lutador de reserva, pode ganhar peso e talvez ganhar algum dinheiro, mas no final das contas, esses são os dois campeões (Khabib e Gaethje). Conor nem é o número três, quatro ou cinco (do ranking). Conor pode lutar contra Nate (Diaz) ou (Jorge) Masvidal. Não estamos interessados em lutar com ele. Ele precisa obter algumas vitórias e precisa lutar contra alguns bons oponentes”, concluiu.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade