Mais um evento de MMA retomou suas atividades em meio à pandemia do novo coronavírus. Na última sexta-feira (10), em Dakota do Sul, o LFA realizou sua edição de número 84 e, sem público presente na Sanford Pentagon, teve a definição de um novo campeão na categoria peso pena. Fazendo sua estreia na organização americana, Justin Gonzalez teve pela frente o compatriota Jake Childers – que estava invicto no MMA, com oito vitórias – e, com uma boa atuação, saiu vencedor no quarto round, após uma sequência de chutes e socos, que forçaram a interrupção do árbitro central. Agora campeão, Justin manteve também sua invencibilidade no esporte, com 11 vitórias contabilizadas.

Com apenas quatro combates, o card do LFA 84 contou com dois brasileiros em ação. O primeiro a entrar no cage foi Bruno Souza. Diante de Kamuela Kirk, o peso-pena, pupilo de Lyoto Machida, travou luta bem disputada e saiu vencedor por decisão dividida dos jurados, emplacando seu segundo triunfo na organização. Aos 24 anos, o paraense tem agora sete vitórias e somente um revés em seu cartel no MMA.

Outro brasileiro que brilhou no evento foi Maycon Mendonça. Natural de Rio das Ostras, no Rio de Janeiro, o peso-leve teve grande atuação e, contra Kassius Kayne, saiu vencedor após encaixar um justo triângulo no segundo round de luta. Foi o terceiro triunfo consecutivo de Maycon pelo LFA, o nono em sua carreira.

Por fim, o evento teve ainda uma bizarra desqualificação. Atleta da categoria peso-pena, Shawn West exagerou em sua ação ofensiva e, no segundo round do combate contra Boston Salmon, ao ver seu adversário cair, sem pestanejar, saiu em disparada e aplicou uma joelhada ilegal, levando Salmon à nocaute. O árbitro central Vance Swerdan interviu no mesmo instante e desqualificou West pelo golpe não permitido nas regras. Desta forma, Boston Salmon, mesmo nocauteado, saiu com a vitória.

RESULTADOS COMPLETOS:

LFA 84
Dakota do Sul, nos Estados Unidos
Sexta-feira, 10 de julho de 2020

Justin Gonzalez derrotou Jake Childers por nocaute no 4R
Maycon Mendonça finalizou Kassius Kayne com um triângulo no 2R
Boston Salmon derrotou Shawn West por desqualificação (joelhada ilegal) no 2R
Bruno Souza derrotou Kamuela Kirk por decisão dividida dos jurados