Paige VanZant pede valorização financeira, ‘impõe’ condição para renovar com o UFC e diz: ‘Os lutadores precisam receber mais’

Publicado em 08/07/2020 por: Mateus Machado
Paige VanZant pede valorização financeira, ‘impõe’ condição para renovar com o UFC e diz: ‘Os lutadores precisam receber mais’ Paige VanZant afirmou que pedirá valorização financeira para renovar contrato (Foto reprodução Instagram @paigevanzant)

publicidade

A exigência por parte de alguns lutadores do UFC em relação à uma valorização financeira nas bolsas por luta ganhou mais um importante capítulo. Após atletas como Jon Jones e Jorge Masvidal se posicionarem publicamente com o atual modelo aplicado pela organização em relação aos salários dos atletas, entre outros nomes, foi a vez de Paige VanZant se manifestar a respeito do tema. Prestes a entrar em ação contra Amanda Ribas no UFC 251, que acontece no próximo sábado (11), na “ilha da luta”, em Abu Dhabi, a americana fez críticas em relação ao valor que faturou durante os seis anos que faz parte do plantel de profissionais do Ultimate.

Em entrevista ao site MMA Fighting, VanZant abriu o jogo e afirmou que poderia ter recebido o mesmo que faturou como lutadora do UFC em seis anos caso tivesse um emprego “normal”, que a remunerasse mensalmente. Seu duelo contra a brasileira será o último do seu atual contrato com a organização, e ela afirmou que pretende ser mais valorizada financeiramente caso o Ultimate queira renovar o vínculo.

“Eu poderia ter um emprego regular com o mesmo salário, com todo dinheiro que ganhei no UFC ao longo de seis anos. Sou muito grata por tudo o que o UFC fez por mim, a plataforma que eles me deram. Isso não é nada contra o UFC. Mas o contrato que assinei é o que assinei e sei que preciso honrá-lo. É por isso que entrei nesta última luta e nunca tentei quebrá-lo (contrato) antes. É importante honrar meu contrato e depois dizer: esse é o meu valor e é isso que eu preciso ser paga para fazer valer a pena”, disse Paige, que apesar de salientar que os lutadores precisam ser mais valorizados, não deixou de elogiar o UFC.

“As pessoas só precisam prestar mais atenção, estamos nos sacrificando dia após dia e sentimos que precisamos receber nosso verdadeiro valor. Eu amo o UFC, amo lutar por eles. Eles me deram muitas oportunidades, mas estou tentando estabelecer um futuro pra mim. Não estou tentando me comparar a nenhum outro lutador. Não estou dizendo que mereço mais do que qualquer outro lutador do UFC. Acho que todos nós merecemos mais. Todos nós merecemos receber mais”, concluiu a peso-mosca.

CARD COMPLETO:

UFC 251
Ilha de Yas, em Abu Dhabi (EAU)
Sábado, 11 de julho de 2020

Card principal (23h, de Brasília)
Peso-meio-médio: Kamaru Usman x Jorge Masvidal
Peso-pena: Alexander Volkanovski x Max Holloway
Peso-galo: Petr Yan x José Aldo
Peso-palha: Jéssica Bate-Estaca x Rose Namajunas
Peso-mosca: Amanda Ribas x Paige VanZant

Card preliminar (19h, de Brasília)
Peso-meio-pesado: Volkan Oezdemir x Jiri Prochazka
Peso-meio-médio: Elizeu Capoeira x Muslim Salikhov
Peso-pena: Makwan Amirkhani x Danny Henry
Peso-leve: Léo Santos x Roman Bogatov
Peso-pesado: Marcin Tybura x Maxim Grishin
Peso-mosca: Raulian Paiva x Zhalgas Zhumagulov
Peso-galo: Karol Rosa x Vanessa Melo
Peso-galo: Martin Day x Davey Grant

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade