Pedro Munhoz relembra domínio de Aldo sobre Frankie Edgar no UFC 200 e analisa luta contra ‘The Answer’ em Abu Dhabi

Publicado em 05/07/2020 por: Yago Redua
Pedro Munhoz relembra domínio de Aldo sobre Frankie Edgar no UFC 200 e analisa luta contra ‘The Answer’ em Abu Dhabi Pedro Munhoz comentou sobre duelo com o ex-campeão Frankie Edgar (Foto: Reprodução/Instagram/@pedromunhozmma)

publicidade

*A oficialização da luta entre Pedro Munhoz e Frankie Edgar, válida pelo peso-galo, se tornou uma “novela”. O confronto era inicialmente para ter acontecido em maio, mas a pandemia do novo coronavírus atrapalhou os planos do Ultimate. Após idas e vindas, o duelo foi remanejado para o segundo card do UFC na “Ilha da Luta”, em Abu Dhabi (EAU), no próximo dia 15.

Munhoz contou à TATAME como foi todo esse processo até o anúncio oficial: “Essa luta a princípio era para ter saído em maio, em San Diego (Califórnia). Aí, teve a pandemia, aparentemente iríamos lutar em junho, depois trocaram para o dia 11 de julho (UFC 251), mas o UFC acha essa nossa luta bem importante e então optaram para colocar quatro dias depois, na quarta (15)”, disse.

O combate, que é aguardado pelos fãs, cumpre todas as exigências para encabeçar um card. No entanto, pelo fato de Edgar estrear na categoria dos galos (61kg), o ex-campeão dos leves recusou a proposta do UFC em fazer o main event: “Eles (UFC) tinham me oferecido a luta principal, mas pelo Edgar estar baixando (de peso) pela primeira vez, ele preferiu uma luta de três rounds ao invés de cinco rounds”, declarou.

O retrospecto recente de Edgar não é nada animador, são três derrotas nas últimas quatro lutas. Mas, ao longo de sua trajetória no UFC, o norte-americano criou uma história marcante na organização com vitórias importantes sobre grandes rivais. O brasileiro  José Aldo, contudo, foi uma das “pedras no sapato” do lutador. O “Campeão do povo”, no último encontro entre os dois, em julho de 2016, teve um amplo domínio sobre “The Answer”. Munhoz disse que vem assistindo lutas do adversário e já tem uma estratégia.

“O Aldo foi um cara que dominou bastante o Frankie Edgar devido a potência dos golpes, eu acredito. Como ele difere bastante low kicks (chutes baixos), parava um pouco a movimentação do Edgar. O Aldo também é um cara muito difícil de ser derrubado. Eu venho assistindo as lutas dele, inclusive essas com o Aldo, e achei boas as estratégias. Ficar plantado ali, fazendo finta… O Aldo jogava de encontro e colocando os low kicks. Vamos montar uma estratégia um pouco diferente, mas achei interessante”, analisou Pedro.

Sobre a preparação na American Top Team na Flórida (EUA), Pedro disse que os treinos foram aumentando o número de participantes de acordo com as regras do estado. Além disso, frisou o protocolo sanitário adotado pela academia: “Nesta pandemia, estávamos com grupos com menos de oito pessoas (no treinamento). No início, eram menos de quatro pessoas, com uma hora de intervalo, depois foi aumentando pelas regras do governo (Flórida). Tivemos um aparato, uma estrutura de treino durante a pandemia. Tomávamos cuidados e se alguém se sentisse mal, não parecia na academia durante 14 dias”, concluiu.

*Por Yago Rédua

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade