Resumo do MMA: Aldo cita corte de peso ‘fácil’ nos galos, Cejudo mira título dos penas e ‘ilha da luta’ pode ter torcida VIP

Publicado em 05/07/2020 por: Yago Redua
Resumo do MMA: Aldo cita corte de peso ‘fácil’ nos galos, Cejudo mira título dos penas e ‘ilha da luta’ pode ter torcida VIP Aldo tem 33 anos e vem de revés para Petr Yan em disputa de título (Foto reprodução Instagram @josealdojunioroficial)

publicidade

A menos de uma semana para o UFC 251, José Aldo, ex-campeão dos penas, vai descer pela segunda vez para o peso-galo (61kg). Desta vez, o combate do brasileiro será pelo título vago da categoria contra Petr Yan. Ao ser indagado sobre o corte de peso, o lutador disse à ESPN que tem sido mais fácil do que na divisão até 66kg.

“Esses dois dias aqui em São Paulo (antes de embarcar para Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos), definitivamente vão atrapalhar um pouco meu peso. Mas, eu comprei uma corda para pular e vou na banheira do quarto ou o que for. Serei capaz de permanecer ativo, mas fico feliz em fazer parte disso, e o corte para 61kg é, realmente, muito mais fácil do que em 66kg”, disse Aldo.

Treinador condição para Cejudo voltar

Em maio passado, logo após derrotar Dominick Cruz, Henry Cejudo surpreendeu a todos ao anunciar que estava se aposentando do MMA. Foco na vida pessoal e o desejo uma valorização maior por parte do UFC pesaram na decisão. Eric Albarracin, treinador do ex-campeão dos moscas e galos, explicou que o “Triple C” pode retornar ao octógono com uma condição: lutar com Alexander Volkanovski pelo título dos penas.

“Existe realmente apenas um lutador que o trará de volta e esse (lutador) é Volkanovski (campeão dos penas, que vai defender o título contra Max Holloway no UFC 251). É sobre ele fazer algo que nunca foi feito. Ele já terminou de ser ‘Triple C’ com um ouro olímpico e dois títulos do UFC. Ninguém nunca vai conseguir isso, especialmente os homens, mas existem campeões duplos – ele é o quarto ou quinto campeão da história. No entanto, nunca houve um campeão triplo no UFC ou no Bellator”, disse o técnico ao MMA Junkie.

“Ilha da Luta” pode ter convidados

Os quatros cards do UFC na “Ilha da Luta”, em Abu Dhabi (EAU), estão cercados de protocolos sanitários rígidos e uma série de testes nos lutadores, comissões técnicas e todos os demais envolvidos no espetáculo. No entanto, Lawrence Epstein, diretor de operações do Ultimate, disse ao site Yahoo Sports que os eventos podem contar com a presença de até 24 convidados VIPs. Este número é o que a companhia acha possível manter todo o controle de distanciamento social para evitar o contágio do novo coronavírus.

Os cards na “Ilha da Luta” serão realizados nos Emirados Árabes Unidos nos dias 11, 15, 18 e 25 de julho.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade