Thunder Fight BJJ marca retorno dos campeonatos de Jiu-Jitsu no Brasil com testes para Covid-19 e outras novidades

Publicado em 28/07/2020 por: Yago Redua
Thunder Fight BJJ marca retorno dos campeonatos de Jiu-Jitsu no Brasil com testes para Covid-19 e outras novidades Thunder Fight vai retomar suas atividades com eventos de Jiu-Jitsu em agosto (Foto divulgação)

publicidade

O próximo fim de semana, dias 1 e 2 de agosto, vai marcar o retorno do primeiro campeonato de Jiu-Jitsu no Brasil após a paralisação de todos os eventos por conta da pandemia do novo coronavírus. O Thunder Fight BJJ promete adotar uma série de medidas sanitárias, como testes de Covid-19 para todos que tiverem envolvidos, inclusive os atletas. Além disso, o torneio será disputado ao longo de um mês, em quatro finais de semana, em São Paulo. As inscrições chegam ao fim às 18h (horário de Brasília) desta terça-feira (28).

Para se inscrever no campeonato, clique AQUI

Em cada fim de semana, uma faixa entrará em ação. Alexandre Oliveira, um dos responsáveis pela organização, conversou com a TATAME sobre todos os protocolos do campeonato: “Todos os atletas, as pessoas que forem trabalhar no evento e os treinadores serão testados uma hora antes do evento. Só poderão entrar no local as pessoas testadas. Mesmo assim, nós vamos limitar a quantidade de pessoas. Cada categoria tem capacidade máxima de 16 atletas, mas não vão entrar as 16 (pessoas) de uma vez. Vão entrar oito, de um lado da chave. Depois que terminarmos, entrará a outra metade”, destacou Alê.

O Thunder Fight BJJ terá apenas competições na classe adulta – a organização não achou seguro, logo no retorno, incluir infantil e juvenil. Quem for master e quiser lutar de adulto, será aceito. Deste modo, cada faixa vai ficar dividida em três divisões: leve, médio e pesado, e vão lutar em horários diferentes.

A classe dos leves vai lutar pela manhã, os médios no meio do dia e a categoria dos pesados já na parte final. Os atletas só poderão entrar no ginásio próximo à disputa da sua chave, para evitar a aglomeração de pessoas. A organização ainda garantiu que árbitros e staff terão um contato mínimo com os competidores.

Quem quiser se inscrever, é preciso ficar atento. O limite máximo em categoria será de 16 atletas. Ou seja, atingindo o número, as inscrições para aquela divisão se encerram. Como será fechado para torcida, evento terá a venda de pay-per-view para todos os fãs de Jiu-Jitsu que quiserem acompanhar as disputas (veja).

Confira abaixo o calendário do Thunder Fight BJJ:
1 e 2 – faixa-azul
8 e 9 – faixa-roxa
15 e 16 – faixa-marrom
22 e 23 – faixa-preta

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade