‘Aliviada’ após primeira vitória no UFC, Taila Santos diz que mostrou apenas 35% do seu potencial: ‘Podem esperar mais’

Publicado em 09/08/2020 por: Diogo Santarém
‘Aliviada’ após primeira vitória no UFC, Taila Santos diz que mostrou apenas 35% do seu potencial: ‘Podem esperar mais’ Taila soma 16 vitórias e apenas uma derrota em seu cartel no MMA (Foto reprodução Instagram @tailasantosufc)

publicidade

* Oriunda do programa “Contender Series”, a brasileira Taila Santos estreou no UFC em fevereiro do ano passado, quando acabou superada por Mara Romero Borella na decisão dividida dos árbitros. Mas depois de um longo período de espera e diversas lutas canceladas, Taila encontrou sua “redenção” no último dia 15 de julho quando, em ação na “ilha da luta” do UFC, em Abu Dhabi, derrotou Molly McCann por unanimidade e conquistou sua primeira vitória na organização.

Em contato com a TATAME após o evento, a peso-mosca se disse “aliviada” com o resultado positivo – ela agora tem 16 vitórias e um revés no MMA – e destacou que, apesar do triunfo, ainda tem muito pra mostrar.

“A sensação após essa vitória é de alívio, de dever cumprido. Eu estou satisfeita (com a minha atuação), mas ciente de que tenho mais para dar. Eu mostrei apenas 35% da atleta que eu sou, então os fãs e o UFC podem esperar muito mais da Taila”, afirmou a lutadora catarinense, atualmente aos 27 anos de idade.

A respeito do seu futuro na categoria peso mosca, que tem Valentina Shevchenko como campeã, Taila preferiu não escolher adversária, e de volta aos treinos, quer estar preparada para retornar ao octógono.

“A ‘ilha da luta’ foi super bacana… Estrutura irada, evento único! Agora é voltar a treinar e estar preparada para quando o UFC me chamar. Enfrento qualquer nome, quem o UFC mandar estarei preparada”.

* Por Diogo Santarém

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade